Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Dono de empresa de ônibus tenta atropelar diretor do Sindicato dos Rodoviários

3 de julho de 2018 : 13:39

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, por meio desta nota, vem repudiar a postura do senhor João Luis Mota, proprietário da Autoviaria Matos, que na madrugada desta terça-feira (03), tentou atropelar um dos diretores da entidade, numa atitude descabida e descontrolada.

A situação ocorreu por volta das 04h30, quando um grupo de cinco diretores do Sindicato dos Rodoviários, estava em frente à garagem da empresa, cumprindo decisão tomada pela entidade, de impedir que os ônibus da Autoviaria Matos saíssem da sede da empresa, até que os responsáveis regularizassem a situação dos trabalhadores, que estão sem planos de saúde e odontológico, além de carteiras de trabalho não assinadas.

Foi quando o senhor João Luis Matos, assumiu a direção de um dos ônibus e arrancou com o veículo em direção a João Alves de Oliveira Neto, Diretor de Formação Sindical, que estava em frente ao portão da garagem. Por pouco, se o diretor do sindicato, não tivesse pulado para sair da frente do ônibus, ele teria sido atropelado. Tal atitude demonstra, não só a covardia deste empresário, mas também o tipo de tratamento que ele destina aos Rodoviários.

O Diretor João Alves de Oliveira Neto, passa bem. Após conversa com os advogados do Departamento Jurídico da entidade, o diretor sindical decidiu registrar um boletim de ocorrência no início da tarde desta terça-feira, por tentativa de homicídio.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão lamenta o ocorrido e ressalta que mesmo diante deste ato covarde, dará continuidade ao movimento que tem por finalidade, obrigar os empresários do Consórcio Upaon-Açu, a cumprir com as responsabilidades trabalhistas, respeitando os Rodoviários e garantindo a eles, todos os benefícios assegurados por meio de Convenção Coletiva de Trabalho.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>