Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Morre mãe do advogado Bruno Mattos assassinado em 2014

4 de junho de 2018 : 13:33

Morreu na madrugada desta segunda-feira (4), Esmeralda Matos, mãe do advogado Bruno Mattos que foi assassinado a golpe de faca na saída de uma festa da comemoração da vitória do senador Roberto Rocha em 2014. Nos últimos anos, os pais – Esmeralda e Rubem Soares – lutaram por Justiça.

No ano de 2017, o engenheiro civil Diego Polary foi condenado a oito anos de prisão, porém segue em em liberdade até que o recurso seja julgado em segunda instância. Carlos Marão também foi condenado por participação no assassinato, assim como tentativa de homicídio de Alexandre Matos e Kelvin Chiang.

Esmeralda Matos desde que perdeu o filho entrou em depressão. Nos últimos acabou adquirindo a síndrome de mielodisplasica a quual evoluiu para uma leucemia, tudo isso causado por conta do sofrimento de ter perdido um filho precocemente e o descaso da Justiça, por ser morosa.

As informações são do Blog Samuel Araújo.

Um comentário em “Morre mãe do advogado Bruno Mattos assassinado em 2014”

  1. Henrique Augusto Carvalho Soares

    2 meses atrás  

    Extremamente triste e doloroso pra todos nós. Qual justiça deve ser aplicada? Acompanho e sofro de perto tudo isso. Sou cunhado da Esmeralda, irmão do Rubem e tio do Brunno e do Alexandre. Se a imprensa tivesse em mãos o que tenho nas minhas, a justiça não teria que esconder tudo o que finge não saber. Obrigado pela matéria. Henrique Augusto Carvalho Soares

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>