Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Confusão no Fórum! Juíza dá voz de prisão a advogado, que dá voz de prisão em magistrada

5 de junho de 2018 : 13:28

Uma grande confusão se formou no Fórum Sarney Costa na manhã desta terça-feira (5). No 1º Juizado Criminal, a juíza Andréa Permulter deu voz de prisão ao advogado Tufi Maluf. De acordo com relato de advogados que estavam no momento: “a juíza haveria dito ao Dr. Tufi para se calar e ele se revoltou” [SIC].

Por sua vez o advogado Tufi levantou e ordenou a prisão da juíza também por ter entendido que ela estava agindo com abuso de autoridade. A OAB/MA já foi até o Fórum Sarney Costa.

Em entrevista a rádio Difusora AM, o advogado Tufi Maluf lamentou o episódio e disse que a magistrada tentou agir de forma arbitrária impedindo que ele olhasse o processo que seria julgado na audiência desta terça-feira (6).

Tufi Maluf disse que é advogado do Sindicato dos Advogados do Maranhão e que até o final desta tarde, ocorrerá um pronunciamento oficial da entidade.

Veja os vídeos:

15 comentários em “Confusão no Fórum! Juíza dá voz de prisão a advogado, que dá voz de prisão em magistrada”

  1. Ricardo Cruz de Castro

    3 meses atrás  

    Nota 10 para esse advogado. Juiz tem a mania de achar que é Deus

  2. João Silva

    3 meses atrás  

    Esse advogado é desrespeitador. Sempre trata todo mundo muito mal e nem tem bagagem jurídica suficiente se ache sempre com razão

  3. Francisco Borges de Souza

    3 meses atrás  

    Acho que você se equivocou. Metade dos juízes pensam que são deuses a outra metade tem certeza.

  4. Francisco de Araújo Sousa Neto

    3 meses atrás  

    Parabéns Dr. ADV. Juiz se acha…. Tem que nos respeitar.

  5. Chico Rico

    3 meses atrás  

    A verdade é que existem juízes autoritários mas também existem advogados “metidos” demais, assim como há excelenteste juízes e excelentes advogados.

  6. LENEWTON Athayde

    3 meses atrás  

    Tem muitos juízes que pensa que tem o teu na barriga. Pela lei não ja hierarquia entre juiz e advogado. Estão em pé de igualdade perante a lei. Assim como ela pode dar voz de prisão o advogado, também pode dar voz de prisao. Essa juiza tem que se reciclar!

  7. 3 meses atrás  

    Houve completo destempero do aparato psíquico de ambos.

  8. Liduina Araújo

    3 meses atrás  

    Experimentamos, hodiernamente, um cenário infausto impulsionado por asininos que se enaltecem da incivilidade que lhe é peculiar.

  9. Fidélis

    3 meses atrás  

    Em nenhuma hipóteses a juíza poderia mandá-lo calar a boca.

  10. Guilherme

    3 meses atrás  

    Parabéns Dr, já tive diversos fatos como esses, juiz é servidor, funcionário público… não é Deus… parabéns… e as pessoas que vem aqui crítica atitude do Advogado, minha profunda tristeza, se hoje juízes agem dessa forma, e por culpa de um bando de advogado bunda mole, representado por uma OAB medíocre…. parabéns Dr isso é advocacia, respeito entre ambas as partes, não existe subordinação, antes de ser juiz é bacharel em direito… oab precisa de advogados como vc, faço o que posso aqui na minha região, infelizmente muitos são bunda moles… parabéns novamente

  11. EDGAR ROCHA

    3 meses atrás  

    NESSE EPISODIO FICA BEM CLARO O ABUSO DE AUTORIDADE DESSA MAGISTRADA QUERENDO DE FORMA DITATORIAL CALAR A VOZ DE UM PROFISSIONAL DE RESPEITO, PARABÉNS A ESSE BRILHANTE ADVOGADO QUE APLICOU A LEI, TODO BRASILEIRO TEM DIREITO A VEZ E VOZ .

  12. 3 meses atrás  

    Infelizmente a MMª causou. Mandar “calar a boca” revolta e tira qualquer um do sério. Não que seja certo a pessoa sair de si, mas é muito revoltante você ser ofendido assim no exercício da profissão e ficar calmo. A pessoa ser ofendida não é fácil. Faltou o respeito para com o advogado.

  13. Marcelo Freitas

    3 meses atrás  

    Parabéns, doutor! As prerrogativas profissionais do advogado têm de ser respeitadas, a bem da sociedade!

  14. Katia Reis

    2 meses atrás  

    O problema é que juiz já nasceu juiz não passou pelo que nós passamos estudar cinco anos ainda mostrar que está apto para exercer a profissão fazendo uma droga de uma prova para simplesmente vir um juiz se achando Deus para isso é inadmissível isso tem que parar cadê a grande ordem dos advogados que se cala diante de tal fato se manifestem o dinheiro que o advogado paga por ano serve para ele mostrar que está aí também com certeza manda esse juíza ir casar o que fazer gente que o respeito seja recíproco.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>