Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Sebastião Madeira: a peça fundamental para a construção de um novo PSDB no Maranhão

8 de abril de 2018 : 06:58

Após o fechamento da janela partidária, o PSDB voltou a ser um dos maiores no Maranhão. Com um senador, três estaduais, dois federais e representantes na Câmara Municipal de São Luís, os tucanos representam a principal força de oposição ao PCdoB. É claro que toda essa construção tem a responsabilidade do presidente Roberto Rocha, mas é necessário reconhecer a importância de Sebastião Madeira nesse processo.

O ex-prefeito de Imperatriz, que sempre permaneceu no PSDB, chegando a ocupar posições de destaque como presidente do Instituto Teotônio Vilela foi o primeiro a levantar voz contra a subordinação que os tucanos viviam no Maranhão. Completamente dominados pelos comunistas, o PSDB nada mais era que um apêndice do PCdoB, assim como o PT se tornou, a diferença ficava apenas nas cores.

Madeira ao se aliar a Flávio Dino em 2014, assim como fez Carlos Brandão, Neto Evangelista e outros tucanos imaginavam que o PSDB seria um aliado e não simplesmente um partido acessório do PCdoB, que teria aceitar calado os desmandos comunistas. Completamente incomodado com tal situação, o ex-prefeito de Imperatriz rompeu o silêncio e iniciou uma batalha para impedir que as cores do ninho tucano maranhense fossem trocados do amarelo e azul pelo vermelho.

De forma habilidosa, Madeira foi pavimentando o caminho para essa mudança de rumo do PSDB e quando o momento se aproximou, ele trouxe de volta ao ninho outro tucano de origem, o senador Roberto Rocha. Juntos iniciaram uma parceria que resultou na formação do novo diretório estadual.

Sem a vaidade de querer presidir o PSDB no Maranhão, mesmo após a sua luta, Madeira transferiu para Roberto Rocha essa importante missão. Afinal o ex-prefeito de Imperatriz pensa no projeto de grupo, o qual tem como objetivo central eleger o governador do Maranhão.

Fechada a janela partidária, além de Roberto Rocha e Madeira, o PSDB tem políticos de peso com influência em todo o estado como Zé Reinaldo Tavares e Waldir Maranhão, uma forte liderança na região metropolitana de São Luís, Wellington do Curso e um nome do leste maranhense, Alexandre Almeida.

Porém o trabalho não foi encerrado. De forma habilidosa, Madeira segue as articulações e vem costurando futuras alianças, as quais vão desmentir a tentativa desesperada do Palácio dos Leões que visa criar uma polarização entre Flávio Dino e Roseana Sarney, afinal o maior temor dos comunistas é enfrentar um PSDB forte, unido e repleto de aliados, por isso tantos ataques a Roberto Rocha e Sebastião Madeira.

O PSDB no Maranhão voltou a ser grande e Sebastião Madeira foi a peça fundamental para possibilitar isso…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>