Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Sarney Filho desiste do PSD e fica no PV que ainda vai ganhar dois deputados

5 de Abril de 2018 : 12:05

Apalavrado com o PSD desde 2017, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, desistiu de se filiar ao partido e vai concorrer ao cargo de senador pelo PV, seu partido de origem. A informação foi confirmada por seu filho, o deputado estadual Adriano Sarney (PV). Coincidentemente, a desistência de Zequinha do PSD, surge com as especulações de uma possível aliança do partido com Eduardo Braide (PMN).

Porém a filiação de Eduardo Braide ao PSD foi desmentida pelo próprio deputado estadual e pelo presidente do diretório estadual, Claudio Trinchão. No entanto, uma possível aliança não é descartada. Hoje o partido tem Victor Mendes como deputado federal e deve receber o deputado estadual Edilázio Júnior.

Com a permanência de Sarney Filho na sigla verde, o PV se mantém como um dos maiores do Maranhão, pois ainda vai ganhar dois parlamentares, César Pires que deixará o PEN e Max Barros que está sem partido, desde que deixou o PRP, após a entrada de Ricardo Murad.

Dessa forma o PV ficará com uma robusta bancada: Adriano Sarney, Rigo Teles, Max Barros e César Pires. Hemetério Weba deve seguir para o PP e Edilázio para o PSD.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>