Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Mais um candidato do concurso da Polícia Militar do Maranhão morre após Teste de Aptidão Física

Mais um candidato do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), morreu na madrugada deste sábado (3), trata-se do cirurgião dentista Marcone Cordeiro. Ele passou mal durante uma prova do Teste de Aptidão Física (TAF). Levado à UPA do Itaqui-Bacanga, ele acabou morrendo na unidade.

A informação é do Blog do Gilberto Léda, e confirmada pela esposa do candidato, Jeciane Ataíde, que relatou o mal-estar do marido logo após completar o teste.

Socorrido por uma ambulância do Samu, Marcone Cordeiro foi evado à UPA. “Mas a ambulância não tinha nem oxigênio”, reclamou.

Segundo a esposa, Marcone chegou à unidade gritando muito, mas ainda com vida. Ele morreu minutos depois de internado. O velório ocorrerá na casa da avó da vítima, na Vila Esperança.

Este é o segundo caso de morte no mesmo teste. No início da semana, morreu Daniele Nunes Silva, depois de passar mal durante a corrida.

%d blogueiros gostam disto: