Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Carlos Lula sabia de todo esquema de desvios de recursos da Saúde, revela superintendente da PF

17 de novembro de 2017 : 06:36

A superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Cassandra Ferreira Alves Parazi, revelou que o atual secretário Carlos Lula sabia de todo o esquema que ocorria na Secretaria Estadual de Saúde. De acordo com a autoridade policial: “ele (Carlos Lula) especialmente tinha conhecimento disso e infelizmente não soube tratar da melhor forma, não soube bloquear isso e as fraudes continuaram…”.

Nas declarações é possível perceber também que além de ter conhecimento de tudo que ocorria na Secretaria Estadual de Saúde, Carlos Lula foi omisso e evitou que a fraude fosse interrompida. Porém em sua defesa, o advogado diz que “não tem nada a temer e que a Secretaria está a disposição para quaisquer esclarecimentos”.

De acordo com a investigação da Polícia Federal, CGU e Receita Federal, a fraude na Secretaria Estadual de Saúde desviou mais de R$18 milhões, assim como empregou 424 funcionários fantasmas.

No total foram expedidos 17 mandados de prisões e 28 buscas e apreensões. Entre os que foram presos figuram a ex-subsecretária Rosângela Curado e dois servidores do quadro da SES.

Um comentário em “Carlos Lula sabia de todo esquema de desvios de recursos da Saúde, revela superintendente da PF”

  1. 1 ano atrás  

    […] Durante a investigação da Polícia Federal sobre os desvios de recursos públicos da Saúde do Maranhão, o secretário Carlos Lula foi grampeado e através das conversas transcritas nos documentos da Justiça Federal é possível verificar que o titular da SES tinha conhecimento de tudo que ocorria. Nos diálogos, o advogado se mostra surpreso com o tamanho da corrupção no Governo Flávio Dino, porém nada fez para impedir a continuidade do crime como já declarou a superintendente da PF no Ma… […]

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>