Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Em audiência da CPMI da JBS, senador Roberto Rocha revela que Flávio Dino recebeu R$13 milhões de propina

O senador Roberto Rocha (PSDB) expôs na audiência desta terça-feira (31), da CPMI das empresas da JBS e J&F, uma grave denúncia. Durante a audiência que levou o ex-executivo da empresa, Ricardo Saud, ele invocou o direito constitucional de ficar calado, porém o maranhense afirmou que o governador Flávio Dino (PCdoB), recebeu propina das empresas investigadas.
“Eu vou dizer senhor presidente quem é o décimo sexto governador que recebeu propina e não foi revelado. O 16º é o governador do Maranhão do PCdoB, cujo o irmão era a alma do dr Janot e talvez o dr Ricardo Saud tenha o interesse de protege-lo a época. Isso tá constando na prestação de contas do governador. A mesma JBS disse que deu R$13 milhões ao PCdoB, o PCdoB só tinha um candidato no Brasil. Era o candidato a governador do Maranhão, exatamente este que o depoente tenta proteger…”, declarou Roberto Rocha.
A grave acusação cai como uma bomba e pode colocar o governador Flávio Dino envolvido em um mar de lama…