Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Grande Loja Maçônica do Maranhão terá dois candidatos na disputa pelo cargo de Grão-Mestre

27 de julho de 2017 : 11:00

No último dia 20 de julho de 2017, os membros da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão se reuniram para inscrever os candidatos ao cargo de Grão-Mestre da GLEMA para o próximo triênio 2018-2021. E na oportunidade, Bolivá Marques e Ubiratan João de Castro se inscreveram. O primeiro já ocupou o cargo entre os anos de 2011 e 2014, e o segundo é o atual Grão-Mestre. A eleição vai ocorrer no dia 15 de outubro.

Confira na íntegra a ata:

ATA No 05/2017

Aos vinte dias do mês de julho de dois mil e dezessete, às dezoito horas e vinte minutos, reuniram-se no Palácio Maçônico da Grande Loja Maçônica do Estado Maranhão, na sala designada para funcionar a Comissão Eleitoral, os membros efetivos da Comissão Eleitoral instituída pela Instrução Normativa no 58/2014-2017. O Presidente Raimundo Fonseca Santos, após assumir a condução dos trabalhos e declarar aberta a reunião, apresentou as documentações de Registro das chapas que se inscreveram para concorrer ao pleito eleitoral para o triênio 2018-2021, aos cargos de Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto. A primeira Chapa a inscrever-se, foi a Chapa denominada LIBERDADE E DEMOCRACIA, representada pelos obreiros BOLIVÁ MARQUES VIEIRA e RONDINELE SOUSA LEITE, candidatos a Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto, respectivamente. A segunda Chapa a inscrever-se foi a chapa denominada de PAZ, HARMONIA E UNIÃO, representada pelos obreiros UBIRATAN JOÃO DE CASTRO e VANER MOTA MARINHO, candidatos a Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto, respectivamente. Verificou-se que as duas chapas que se inscreveram, assim o fizeram dentro do prazo determinado pelo artigo 135 do Regulamento Geral da GLEMA, cominado com o artigo 7 da IN/CE no 001/2017. A partir daí passou-se a examinar as condições de elegibilidade da CHAPA LIBERDADE E DEMOCRACIA, em conformidade com o artigo 136 Regulamento Geral da GLEMA, cominado com o artigo 5o da IN/CE no 001/2017. Ao analisar toda a sua farta documentação, constatou-se que: Os candidatos residem na jurisdição da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão, conformidade com a alínea “a” do artigo 5o da IN/CE no 001/2017; São obreiros regulares de suas Lojas, com assiduidade aos seus trabalhos com mais de 50% de frequência nos últimos doze meses; os candidatos são maiores de trinta e cinco anos; Têm mais de dez anos de atividades maçônicas, ininterruptamente; Conforme declarações, são Mestres Instalados com mais de 7 (sete) anos, até a data do registro de suas candidaturas. Verificou-se também que o Registro de candidatura seguiu o que preceitua o artigo 6o da IN/CE no 001/2017 e 136, inciso II Regulamento Geral da GLEMA, sendo apresentado com pranchas a essa Comissão Eleitoral por Lojas maçônicas jurisdicionadas, regulares com suas obrigações, junto à Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão. Após detida análise, e constatadas presentes todas as condições de elegibilidade, decidiu-se pelo unânime DEFERIMENTO do Registro de Candidatura da Chapa LIBERDADE E DEMOCRACIA, representada pelos obreiros BOLIVÁ MARQUES VIEIRA e RONDINELE SOUSA LEITE, candidatos a Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto, respectivamente. Sendo esta agora denominada de CHAPA 01 (BOLIVÁ e RONDINELE). Em seguida passou-se a analisar as condições de elegibilidade da segunda Chapa a inscrever-se para concorrer ao pleito eleitoral de 2017/2020. Trata-se da Chapa denominada PAZ, HARMONIA E UNIÃO, representada pelos obreiros UBIRATAN JOÃO DE CASTRO e VANER MOTA MARINHO, candidatos a Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto, respectivamente, constatou-se ainda que trata-se de reeleição, do Candidato UBIRATAN JOÃO DE CASTRO. A partir daí passou-se a examinar as condições de elegibilidade, o que constatou-se o seguinte: Os candidatos residem na jurisdição da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão, conformidade com a alínea “a” do artigo 5o da IN/CE no 001/2017; São obreiros regulares de suas Lojas, com assiduidade aos seus trabalhos com mais de 50% de frequência nos últimos doze meses; os candidatos são maiores de trinta e cinco anos; Têm mais de dez anos de atividades maçônicas, ininterruptamente; Conforme declarações, são Mestres Instalados com mais de 7 (sete) anos, até a data do registro de suas candidaturas. Verificou-se também que o Registro de candidatura seguiu o que preceitua o artigo 6o da IN/CE no 001/2017 e 136, inciso II Regulamento Geral da GLEMA, sendo apresentado com pranchas a essa Comissão Eleitoral por Lojas maçônicas jurisdicionadas, regulares com suas obrigações, junto à Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão. Após detida análise, e verificadas presentes todas as condições de elegibilidade, decidiu-se pelo unânime o DEFERIMENTO do Registro de Candidatura da Chapa PAZ, HARMONIA E UNIÃO, representada pelos obreiros UBIRATAN JOÃO DE CASTRO e VANER MOTA MARINHO, candidatos a Grão Mestre e Grão Mestre Adjunto, respectivamente, doravante denominada de CHAPA 02 (UBIRATAN e VANDER).

Raimundo Fonseca Santos

Presidente da Comissão eleitoral

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>