Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Lucas Porto confirma que tinha uma paixão por sobrinha-neta de Sarney e assume assassinato

16 de novembro de 2016 : 11:15

whatsapp-image-2016-11-14-at-09-02-27O secretário estadual de Segurança, Jefferson Portela (PCdoB), informou em coletiva a imprensa nesta quarta-feira (16), que o empresário Lucas Porto prestou um novo depoimento confirmando que assassinou Mariana Costa. O secretário fez o seguinte relato: “Lucas Porto afirmou que a motivação foi a seguinte: ele tinha uma atração muito forte por sua cunhada e que ao voltar ao seu apartamento viu a publicitária despida, e tentou consumar o seu desejo, porém acabou havendo recusa da própria e ocorrendo a luta corporal, que resultou na morte da sobrinha-neta do ex-presidente da República, José Sarney”.

Nas palavras do secretário, Lucas Porto confessou que existia uma “paixão incontida” pela Mariana Costa, o que significa que a morte foi precedida de uma violência sexual.

Jefferson Portela revelou que o depoimento de Lucas Porto não muda em nada a linha de investigação da Polícia Civil. E que agora vai ser encaminhado o inquérito policial para a Justiça.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>