Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Grupo que deixou dívida milionária no SindEducação tenta voltar a presidência com apoio do PCdoB

20 de outubro de 2016 : 15:58

A ex-presidente do SindEducação, Maria Lindalva Batista, articula seu retorno ao comando do sindicato. A professora é a responsável por ajudar Cláudia Aquino – filiada ao PCdoB – a montar a CHAPA 3 que concorre as eleições no próximo dia 26 de outubro. Para quem não lembra, Lindalva deixou um rombo no valor de quase R$80 mil a entidade de representação dos docentes de São Luís.

Maria Lindalva Batista, que deve o referido valor desde 2012 para o SindEducação, aparece escancaradamente apoiando a CHAPA 3, que tem outros membros ligados ao PCdoB, e apoiadores da candidatura à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Fica claro o envolvimento dos membros da CHAPA 3 com o prefeito Edivaldo. No dia do lançamento da chapa de Claudia Aquino, os professores Lindalva Batista e Sergio não fizeram questão de esconder seu apoio e engajamento no 12. Veja a foto a seguir:

whatsapp-image-2016-10-20-at-16-17-25

Já não bastando esse débito deixado por Lindalva Batista, a agora candidata Claudia Aquino devia cerca de R$6.400 desde julho de 2015. No entanto, o valor acabou sendo pago pelo PCdoB para garantir a participação da professora na disputa da presidência do sindicato, uma vez que docentes com débitos ou irregularidades com o SindEducação não podem participar do pleito.

Diante dessa decisão do PCdoB em pagar a dívida de Claudia Aquino, não restam mais dúvidas de que o PCdoB, se engajou de vez nas eleições do SindEducação, e vem financiando a campanha da então candidata à presidente Claudia Aquino.

claudiatatiana
Claudia Aquino com a secretária comunista Tatiana Pereira

 

A quem a CHAPA 3 quer enganar? Estão tentando transformar o SindEducação em um puxadinho do PCdoB que nem fizeram com o Sinproesemma? Enganar os professores com discurso de ataque e a sujeirada de partidos políticos à frente do Sindeducação? Eles pregam uma suposta transformação, só que (partidária), o PCdoB, inserido na luta da categoria de professores de São Luís, pode destruir toda luta construída nos últimos quatro anos.

puxadinho-do-pcdobVale lembrar que caso isto venha acontecer, os professores da rede municipal podem sofrer os mesmos prejuízos que os da rede estadual. Por conta da inoperância do Sinproesemma por ser controlado pelo Júlio Pinheiro do PCdoB, os docentes não receberam reajuste salarial, enquanto isso o SINDEDUCAÇÃO foi para o enfrentamento contra a administração municipal e garantiu uma elevação salarial.

Um comentário em “Grupo que deixou dívida milionária no SindEducação tenta voltar a presidência com apoio do PCdoB”

  1. Maria

    5 anos atrás  

    Agora danou-se o PC do B quer de fato instalarelevante o comunismo em todas as esferas, estamos encurralados.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>