Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Em Imperatriz, eleitor assiste suposta farsa montada pelo candidato da família Sarney

29 de setembro de 2016 : 16:21

assispmdb2

A prisão do Major Jenilson Cordeiro, esta semana em Imperatriz, parece não ter passado de uma provável grande armação do candidato da família Sarney a prefeito da cidade Assis Ramos(PMDB) para tentar ganhar a eleição.
Agora, veio à tona que o Major, que xingou o governador pelas redes sociais, apareceu no programa do delegado, com uniforme da corporação (certamente esperando ser repreendido), uma semana antes da prisão, declarando seu apoio incondicional ao xerife.
Outros fatos comprovam a suposta farsa. Imediatamente ao acontecido, Assis se aproveita da comoção causada para explorar o fato nos programas eleitorais. Tudo bem combinado. Até a mulher do major, chorando, foi usada. No depoimento, ela afirma que o militar foi algemado e que chegou no quartel em um camburão. Vídeos da chegada do PM mostram, claramente, que ele chegou de carro, dirigindo, e que entrou no quartel tranquilamente, de mãos dadas com a mulher e sem algemas.
Para quem se vende como honesto, Assis Ramos (PMDB) candidato da oligarquia Sarney está se saindo alguém considerado muito esperto.
O Maranhão inteiro espera que o eleitor de Imperatriz não embarque nessa grande farsa.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>