Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Falta de segurança na UFMA! Estudante é assassinado dentro do Campus universitário

6 de agosto de 2016 : 13:51

kelvinUma das marcas da gestão do ex-reitor Natalino Salgado foi a segurança dentro do Campus universitário, hoje Cidade Universitária Dom Delgado. Na época em que assumiu, existiam até bocas de fumo dentro da universidade, porém Natalino mudou a realidade e a Universidade Federal do Maranhão passou anos sem registrar um incidente. Infelizmente na gestão da reitora Nair Portela, o caos está imperando na instituição e na noite desta sexta-feira (25), lamentavelmente um estudante da UFMA foi assassinado.

Kelvin Rodrigues, estudante do Bacharelado em Ciência e Tecnologia foi assassinado a facadas, dentro do campus da Ufma, no Bacanga.

O jovem estava em uma festa dentro da instituição, no Centro de Ciências Humanas (CCH), quando saiu de perto do grupo de amigos para ir ao banheiro.

Ele teria sido alcançado por dois criminosos. Algumas testemunhas falam em assalto. Mas há quem sustente a versão de que nenhum pertence da vítima fora levado.

Homens da Polícia Técnica da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) já estão no local.

Uma nota foi lançada para lamentar a morte do estudante:

Nota de Pesar, Nota de Tristeza, Nota de Indignação!

A mais profunda e inquietante indignação toma conta de nossos corações neste momento. Vimos a público manifestar nosso pesar coletivo sobre o assassinato do estudante Kelvin Rodrigues Ribeiro ocorrido na noite da última sexta-feira, dia 05 de agosto de 2016: trata-se de um crime bárbaro, injustificável e sem precedentes na história na Universidade Federal do Maranhão.

O referido crime fora cometido no Bloco 6, subsolo do CCH, espaço deslocado do centro da programação cultural do nosso evento, realizado na noite do dia 05 de agosto de 2016, onde de forma covarde três facadas foram desferidas nas costas da vítima, segundo as primeiras informações. Assim, a despeito da má fé e do oportunismo acusatório, cabe ressaltar que não há relação direta do crime com o evento em si. Nas inúmeras entrevistas que demos na mídia (TV Brasil, Jornal O Imparcial etc.) e ao longo das atividades do nosso encontro, enfatizamos que não incentivamos de forma alguma a violência, muito pelo contrário. Confiamos que as autoridades responsáveis devam elucidar logo a natureza e a devida procedência deste crime injustificável e nos solidarizamos irrestritamente com a família de Kelvin, no sentido desta perda absurda diante do avanço da violência, intolerância e toda forma de preconceito. No entanto, não constitui novidade que os estudantes da UFMA estão submetidos a toda sorte de violência e, lamentavelmente, o caso de Kelvin não é o único, pois, assaltos nos ônibus, nas dependências acadêmicas, etc., têm marcado o cotidiano da nossa universidade. No dia anterior ao ocorrido, quinta-feira dia 04 de agosto de 2016, dois homens foram vistos portando arma de fogo nas dependências da nossa IES, mais ainda, após o trágico acontecimento com o Kelvin um ônibus da linha Campus 311 inteiro fora assaltado nas proximidades do Ceprama. Em todo o caso, ao contrário da mera reação pautada no ódio, defendemos um amplo debate democrático na UFMA, para que possamos encontrar uma alternativa que possa, pelo menos, diminuir o clima de barbárie instalado na UFMA para que jovens como Kelvin não tenham mais suas vidas ceifadas pela banalidade e pela barbárie instaladas a anos em nossa cidade, como um todo.

Mais uma vez, deixamos aqui a nossa plena manifestação de tristeza e solidariedade para com a família e amigos da vítima. Nos mantemos a disposição para toda e qualquer forma de auxílio que ajude a solucionar o caso. Kelvin, presente!

Comissão Organizadora do I Encontro da Juventude Porra Louca da UFMA

*Com informações do blog do Gilberto Leda

Um comentário em “Falta de segurança na UFMA! Estudante é assassinado dentro do Campus universitário”

  1. Anônimo

    5 anos atrás  

    Houve vários casos de violência, roubos, assaltos e reis dentro da UFMA durante a gestão do Natalino sim. Essa publicidade oportunista em promoção ao ex-reitor é completamente despropositada e ofensiva. Além de ser sem cabimento uma vez que a atual reitora Nair Portela foi a candidata indicada para a continuidade da gestão de Natalino. De todo modo, não podemos, só por um instante, deixar a porca politicagem e puxa-saquismo típicos desta província atrasada que é o Maranhão e respeitarmos o luto de amigos, colegas e familiares do rapaz? É muito repulsivo usar um evento como esse para promover (ainda por cima enganosamente) a imagem de uma pessoa.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>