Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Lobão Filho revela que está trabalhando com Eliseu Padilha para que Governo Federal volte a administrar o Porto de Itaqui

17 de maio de 2016 : 07:26

O suplente de senador, Lobão Filho (PMDB), revelou a este jornalista que a idéia do Governo Federal voltar a administrar o Porto de Itaqui é dele e esta já vem sendo avaliada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB).

De acordo com Lobão, o Governo Federal tem de reivindicar a administração do Porto, uma vez que o governo estadual está devendo mais R$18 milhões em impostos e que por conta do atual momento político, o ideal é que a gestão seja feita por uma administração moderna e progressista.

Entre os anos 1973 e 2001, o Porto do Itaqui foi administrado pela Companhia Docas do Maranhão (Codomar), subordinada ao governo federal.

No entanto em 1° de fevereiro de 2001, através do Convênio de Delegação n° 016/00 assinado entre o Ministério dos Transportes e o Governo do Estado do Maranhão, o Porto do Itaqui passou a ser gerenciado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP.

O Porto do Itaqui, juntamente com os terminais privados da Vale e Alumar, integra o segundo maior complexo portuário em movimentação de carga do país. O Itaqui é o principal indutor do desenvolvimento econômico e social do Maranhão, que tem grandes investimentos previstos para os próximos anos em áreas como refino de petróleo, agronegócio, celulose e pellets, cimento, geração de energia, entre outros.

De acordo com o governo do Maranhão só em 2015, o Porto de Itaqui deu lucro de R$68 milhões.

 

 

3 comentários em “Lobão Filho revela que está trabalhando com Eliseu Padilha para que Governo Federal volte a administrar o Porto de Itaqui”

  1. Carlos

    5 anos atrás  

    Um vagabundo desse que nem competencia tem de administrar a Difusora. O bicho ta uma criatura horrenda.
    E ve se tu publica meu comentario, Beiçola.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>