Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Deputado Alexandre Almeida recebeu doações para campanha de empresas fantasmas

2 de fevereiro de 2016 : 10:53
alexandreO deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Timon, Alexandre Almeida (PSD) está envolvido  em um escândalo de doações de campanha eleitorais envolvendo 4 empresas de fachadas que juntas doaram mais de R$ 124.000,00 mil para a campanha em 2014.
A prática ilegal envolve funcionários de gabinete do próprio parlamentar e empresas inexistentes que foram utilizadas como pano de fundo para que o então candidato beneficia-se.
Uma das empresas envolvidas no esquema é a SEVEN CONSTRUTORA, localizada na BR 226, nº 1445-B, bairro Vila do BEC em Timon. A mesma está em nomes de Viviano Vieira das Neves Neto e seu pai Anige Costa Neves, que são sócios.
A SEVEN CONSTRUTORA que atuava de forma terceirizada, tinha como principal atividade, a coleta do lixo hospitalar  da UPA de Timon e também a manutenção do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco. No entanto, o endereço citado, encontra-se instalado a empresa “O CARRETEIRO”, recondicionadora de embreagens.  O contrato rendeu trezentos e noventa mil reais, sendo R$ 345.000,00 do HRANP e R$ 45.000,00 da UPA.
Noutra situação escandalosa, a empresa RAABY  CONSTRUÇÕES que é registrada em nome de José Alves de Oliveira Neto, também prestou serviços para a UPA de Timon. Na época de vigência do contrato a empresa, que também tinha como sócia a própria esposa de ALVES NETO, Laura Freire, chegou a doar R$ 46.000,00 para a campanha de Alexandre Almeida.
raaby
O fato curioso que os dois foram nomeados na época para o gabinete do Deputado. O agravante é que ALVES NETO também acumulava a função de motorista da UPA, o que vai de encontro a Lei, uma vez que ele não poderia como funcionário público, firmar contrato de prestação de serviço, além de ser doador do próprio deputado.
Para piorar a situação do deputado, as investigações aponta que a mesma empresa, que antes usava o nome de fantasia CONSTRUTORA UDSON LTDA teve seu endereço comercial modificado pelo menos três vezes.
De acordo com o denunciante,  o endereço inicial  era a Rua Marcos Batista, complemento B, no Centro Operário de Timon e depois modificado para a Avenida Presidente Médici, 887, sala 105, no Paque Piaui. No entanto, no primeiro endereço citado funciona uma clinica veterinária e no outro um escritório de contabilidade. Uma terceira localização da mesma nunca existiu.
Também como doadora de campanha de Alexandre Almeida consta a empresa JP GESTÃO EM SAÚDE LTDA, com endereço na Avenida Paulo Ramos, 244, Sala 02, no centro de Timon. A mesma teria financiado a campanha do deputado com um montante de R$ 45.000,00.
A JP GESTÃO EM SAÚDE LTDA que recebeu como contrato o montante de R$ 3.662.819,95, tem como sócio-administrador, PIERRE JULIAN RODRIGUES VIEIRA, que também doou para Alexandre Almeida R$ 16.500,00 e a empresa já havia doado R$ 45.000,00, juntas as doações somaram mais de R$ 60.000,00. PIERRE também acumulava o cargo de diretor clínico da UPA de Timon.
jpgestao
As denúncias feitas ao MP apontam também que mais uma empresa foi utilizada uma empresa de fachada para favorecer o Deputado Alexandre Almeida. No endereço citado o que existe na verdade é uma clínica de diagnostico por imagem denominada RAD IMAGEM.
O esquema envolve uma quarta empresa, a GESTÃO MÉDICA, com endereço na Avenida Jaime rios, 610, sala 02, no Parque Piauí, em Timon. A mesma é registrada em nome de MAICON MAGALHÃES CARVALHO. No local funcionava em 2013 um escritório de advocacia e atualmente uma loja de moda íntima.  Para o Deputado, a GESTÃO MÉDICA doou R$ 17.000,00
A denuncia do esquema de fraude comercial e doações irregulares de dinheiro para campanha do Deputado Alexandre Almeida foi protocolada no MPE sob registro do nº 000037-2522016 e tem como denunciante Hosaias Desiderio, ex-vereador de Matões, que pede providências ao órgãos competentes.
Se a situação do deputado parece está complicada, o denunciante vai mais além, e afirma que isso é café pequeno diante de todos outros escândalos envolvendo o deputado que podem vir a tona a qualquer momento.

Citado, Alexandre Almeida terá agora que se explicar na Justiça toda essa movimentação financeira a cerca das doações para sua campanha.

CONFIRA ABAIXO O RELATÓRIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO QUE CITA A DENÚNCIA :

aalmeida1 aalmeida2 aalmeida3 aalmeida4 aalmeida5
Por meio de nota, o parlamentar se posicionou:

Caro jornalista Diego Emir, em relação à matéria publicada no seu blog, venho fazer os seguintes esclarecimentos:

  1. Todas as contas da minha campanha para 2012 foram APROVADAS pelo Tribunal Regional Eleitoral;
  2. As empresas citadas na matéria não fizeram nenhuma doação para minha campanha de 2012, conforme pode ser constatado, por qualquer cidadão, no Sistema de Prestação de Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE);
  3. Das empresas citadas, apenas duas foram doadoras para minha campanha de 2014, o que também pode ser confirmado no Sistema de Prestação de Contas Eleitorais do TSE. Em relação a essas empresas, afirmamos que as mesmas apresentaram capacidade financeira para doar, e atenderam a todos os critérios exigidos pela lei, inclusive o que determina o prazo mínimo de um ano de existência.
  4. A prestação de contas da minha campanha de 2014 foi APROVADA pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Assim sendo, cabe-me lamentar mais esse ataque infundado a minha pessoa, e concluir que o mesmo deve ter sido motivado pela divulgação de recente pesquisa de cenário eleitoral em Timon, que aponta o meu nome com expressiva vantagem.

 

Alexandre Almeida

Deputado Estadual (PSD)

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>