Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Flávio Dino vai gastar com nova assessoria de imprensa o que daria para sustentar, pelo menos, cinco hospitais

7 de setembro de 2015 : 10:00

Blog do Aquiles Emir

Uma das medidas mais polêmicas do governador Flávio Dino (PCdoB) neste primeiro ano de mandato foi a suspensão de um repasse mensal no valor de R$ 100 mil à Prefeitura Municipal de Bernardo do Mearim para manutenção de um hospital construído pelo Governo do Estado. O valor foi questionado porque o Ministério da Saúde não garantia esse tipo de transferência, porque era muito elevado e o Governo estaria disposto, se avaliada a necessidade, mandar R$ 70 mil, mas o Judiciário e o Ministério Público saíram em socorro da população e conseguiram rever a posição do Estado.

bernardodomearim

Fazendo-se as contas, um repasse mensal de R$ 100 mil, daria uma soma anual de R$ 1,2 milhão. Pois bem, por cinco vezes mais do que é para ser destinado a este hospital, voltado basicamente para atendimento de pessoas pobres de Bernardo do Mearim e outros municípios, o Governo do Estado está se dispondo a pagar os serviços de uma assessoria de imprensa para atuação em âmbito nacional. De acordo com edital Nº 003/2015, publicado pela Comissão Central Permanente de Licitação (CCL), a pedido da Secretaria de Comunicação Social (Secom), o Governo está disposto a pagar R$ 6 milhões ao ano para este serviço de divulgação de suas ações na mídia nacional. O valor mensal, de R$ 500 mil, daria para sustentar cinco hospitais, porém promoção pessoal é mais urgente do que tratar da saúde de gente. O governo Roseana Sarney também tinha uma empresa de assessoria de imprensa, só que o valor era de R$1,3 milhão, a qual era prestada pela CDN.

Veja o que diz o edital:

O objeto da presente concorrência é a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de comunicação corporativa, para realização de assessoria em planejamento de comunicação, no relacionamento com a imprensa, na produção de conteúdo e em relações públicas, a serem realizados em território nacional, conforme especificações constantes do Projeto Básico, Anexos e Apêndices deste Edital. O valor estimado da contratação é de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais)

Vale ressaltar que o Governo do Estado já conta com duas estruturas nessa área, a Secretaria de Comunicação Social (Secom), chefiada por Robson Paz, e a Assessoria Especial de Imprensa, chefiada por Aline Louise, sendo que esta segunda foi criada justamente para cuidar da imagem pessoal do governador, cabendo à primeira os serviços de comunicação dos demais órgãos públicos.

Também está em fase de fechamento de contratos com as vencedoras – Clara Comunicação, Euroforte e Mallmann Marketing – da licitação das agências de publicidade que venceram licitação da Secom para fazer a publicidade do Governo com valor estimado em R$37 milhões. Tudo isto, no entanto, parece pouco, pois o Governo ainda necessita, como se vê, de uma assessoria especial para atuar na imprensa nacional.

E tem mais: um segundo edital, de número 04/02015 – CCL, também está recolhendo propostas na área de comunicação. “O objeto da presente concorrência é a contratação de 02 (duas) empresas especializadas em Live Marketing (Marketing Promocional) para a prestação de serviços técnicos de promoção, organização de eventos (nacionais e internacionais) e ações de marketing, para o público externo e interno, compreendendo desenvolvimento de linha criativa e layout das peças e espaços que compõem as ações, planejamento, formatação, organização, coordenação e execução, incluindo nesta o fornecimento de infraestrutura e de material, acompanhamento e implementação de apoio logístico e produção…”, diz o edital.

É necessário frisar que Flávio Dino vem determinando que seu secretariado corte gastos com terceirizados e outros, ou seja, muita gente sendo demitida e correndo o risco de seguir o mesmo caminho. São questões de prioridades do comunista…

3 comentários em “Flávio Dino vai gastar com nova assessoria de imprensa o que daria para sustentar, pelo menos, cinco hospitais”

  1. Andre

    5 anos atrás  

    Engraçado. Havia lido que o dinheiro não havia sido repassado porque não foi comprovado que havia sido usado no ultimo ano. Confere ?

  2. 5 anos atrás  

    […] Desde o ano passado, este jornalista vem alertando que o Governo do Maranhão vem praticando algo que não condiz com o discurso de Flávio Dino (PCdoB). Enquanto o comunista prega democracia, republicanismo, austeridade, honestidade e outras boas características, a prática é totalmente diferente. Um dos exemplos é a contratação de uma assessoria de imprensa privada para divulgar as ações da… […]

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>