Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Auditoria aponta que deputada Nina Melo chegava a realizar 160 consultas médicas por dia

29 de julho de 2015 : 08:03

Blog Atual7

A deputada estadual Nina Melo (PMDB), filha o ex-governador tampão Arnaldo Melo, ambos do PMDB, foi flagrada em auditoria do Governo do Maranhão encabeçando um super esquema de realização de consultas cardiológicas fantasmas para subtrair dinheiro público dos cofres do Estado.

De acordo com as investigações, o malabarismo foi montado da seguinte forma: por meio de uma unidade médica que divide em sociedade com a irmã, a Clínica do Coração, localizada no município de Colinas, Nina, que é médica cardiologista, simulou a quantidade máxima de consultas que lhe renderiam o repasse integral de um convênio celebrado com o Estado, de 250 mil reais por mês.

Para conseguir meter a mão no jarro, a parlamentar emulou a realização de 160 consultas cardiológicas – isto mesmo, 160 consultas cardiológicas – em um único dia, o que é humanamente impossível, salvo se Nina Melo for capaz de passar as 24h do dia atendendo os pacientes por nove minutos cada, ininterruptamente, sem levantar nem para ir ao banheiro.

Uma dessas consultas fantasmagóricas ocorreu no dia 19 de dezembro do ano passado, data da diplomação dos deputados eleitos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Na data, segundo a auditoria, a peemedebista conseguiu realizar o total de 40 consultas em sua clínica, viajar 438 km de Colinas para capital, e ainda comparecer ao Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana para ser diplomada – sem contar uma possível ida ao salão para se “embelezar” para a posse.

Como se percebe, Nina Melo vai além de ser médica e parlamentar, mas também possui habilidades para o malabarismo e mágica, afinal realizar tantos atendimentos em curtos espaços de tempo é com ela mesmo.

Um comentário em “Auditoria aponta que deputada Nina Melo chegava a realizar 160 consultas médicas por dia”

  1. reginaldo fortes

    7 anos atrás  

    E o processo que impugnação da dep.nina. vai fazer um ano parado em Brasília. Por qual motivo?

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>