Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Vice-governador destaca oportunidades para a educação do Maranhão em evento norte-americano

6 de março de 2015 : 06:44

O programa “Liderando Reformas Educacionais: Desafios e Oportunidades para os Próximos Quatro Anos”, do qual o vice-governador Carlos Brandão participa representando o governador Flávio Dino alcança o seu segundo dia de atividades. O evento tem como sede a cidade norte-americana New Haven (Connecticut) e é promovido pela Universidade de Yale e pela Fundação Lemann.

Os debates, que acontecerão até o próximo dia 07 (sábado), são coordenados pelos professores de Yale e gestores educacionais norte-americanos. Juntos, participantes e organizadores do programa, buscam discutir novos modelos de formação de docentes, evolução no setor tecnológico com foco na educação digital e a padronização da aprendizagem nacional, sempre perpassando pelas experiências estadunidenses, por meio da Universidade de Yale; e as brasileiras, figuradas pela Fundação Lemann, instituição de renome quando o assunto central é o estudo da qualidade da educação brasileira.

A abertura oficial da programação desta quarta-feira (04) foi marcada pela conferência do presidente da Universidade de Yale, Peter Salovey, e teve como tema “O Poder Transformador da Educação”. Nela também colaboraram o presidente da Fundação Lemann, Jorge Paulo Lemann, e o ministro da Educação do Brasil, Cid Gomes. O debate que encerrou as discussões do dia teve como mote as perspectivas, desafios e oportunidades para a educação brasileira nos próximos anos, do qual Laura Freebairn-Smith, diretora do Organizational Performance Group, foi a moderadora.

Nesta quinta-feira (05), a tônica do evento voltou-se para o processo de formação de professores e as novas tecnologias na educação. As discussões foram conduzidas pelos temas “O Poder das Tecnologias”, ministrado por Evan Marwell, diretor executivo e fundador da EducationSuperhighway e “Melhores Práticas na Formação de Professores”, coordenado Doug Lemov, diretor da UncommonSchools.

Ao longo do dia, os participantes do programa puderam visitar escolas públicas de New Haven e finalizaram os debates do segundo dia de programação abordando temas relevantes vivenciados, apontando perspectivas para o futuro da educação. Eles tiveram novamente como moderadora Laura Freebairn-Smith.

Para o vice-governador Carlos Brandão, que está nos Estados Unidos como porta voz oficial do governador Flávio Dino, acompanhado do secretário adjunto de Educação, Milton Campelo, esta é uma experiência que engrandecerá as discussões locais sobre a educação maranhense.

“O conhecimento, em todos os níveis, não deve ser uma ilha. Projetos, programas grandiosos, poderão surgir do diálogo constante entre o governo do Estado e as instituições de ensino – nacionais e internacionais -, sempre na busca por trazer benefícios à nossa população”, resumiu o vice-governador.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>