Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Carlos Brandão participa da abertura do II Seminário Estadual do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio

24 de fevereiro de 2015 : 21:22


Centenas de profissionais da educação lotaram o auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, no campus Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), nesta terça-feira (24). Eles participaram da abertura do II Seminário Estadual do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, fruto da parceria entre governo federal, estadual e universidades.

O vice-governador Carlos Brandão participou do evento representando o governador Flávio Dino, acompanhado da secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres. O Pacto foi instituído através da portaria nº 1.140, do Ministério da Educação (MEC), de 22 de novembro de 2013, e todas as ações previstas, no Maranhão, buscam tornar concretas as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (resolução CEB/CNE nº 2, de 30 de janeiro de 2012).
“Educação de qualidade é aquela que rompe a precariedade das condições de vida das pessoas, intrinsecamente vinculada à qualidade de ensino que recebem. Consideramos, também, que o pacto pela escola pública de qualidade, que é o pacto do governo Flávio Dino, atinge as suas metas à medida que as ações e atividades da área do ensino são realizadas, como é o caso da formação de professores, de gestores, da comissão pedagógica e da gestão escolar”, destacou o vice-governador Carlos Brandão.

Já está em desenvolvimento nas escolas, por meio do Programa Ensino Médio Inovador (Pro/EMI), uma espécie de redesenho curricular, medida necessária para que o Pacto produza resultados sensíveis no estado. Outro ponto importante, que está sendo abordado durante o II Seminário, que ocorrerá até esta quinta-feira (26), é a Formação Continuada de professores do ensino médio.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>