Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Adriano Sarney defende parlamento livre

3 de fevereiro de 2015 : 17:00

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) defendeu nesta terça-feira (3), de forma incisiva, a necessidade de um parlamento livre, que busque o desenvolvimento do Estado do Maranhão e não seja palco de intrigas partidárias e políticas.

Adriano Sarney rebateu, as declarações do deputado Bira do Pindaré (PSB) e do deputado Othelino Neto (PCdoB) de uso por parte da ex-Governadora Roseana Sarney e do ex-Senador, José Sarney, da Refinaria Premium da Petrobras como palanque político, promovendo qualquer tipo de estelionato eleitoral, como afirmaram os parlamentares governistas.

“Nosso dever e obrigação como deputados não é fazer intrigas eleitorais e sim lutar pelo desenvolvimento do nosso Estado. Não posso ficar calado, ao ver citados o Ex-Senador José Sarney e a Ex-Governadora Roseana Sarney, ambos que estão aposentados da vida política e não estão aqui para se defender. Eu sei do trabalho deles em prol da Refinaria e destaco que só há democracia com o parlamento livre!”, destacou Adriano, que fez questão de parabenizar o Deputado Zé Inácio (PT) pela atitude de apresentar projeto da criação da frente parlamentar em defesa da Refinaria Premium I, em Bacabeira, devido a decisão da Petrobrás de suspender a implantação da obra, no Maranhão.

Oposição


O Deputado Estadual Adriano Sarney já se posicionou como oposição ao Governo do Estado do Maranhão. “Sempre me posicionei dentro do bloco, na imprensa e dentro da Assembleia como oposição ao governo e nunca como oposição ao Presidente da Casa, que teve sua eleição como consenso. A oposição existe e deve ser respeitada como tal!”, citou o parlamentar.

“Não creio que a composição de outros blocos vá comprometer a existência da oposição aliada dentro da Assembleia. Cada deputado aqui é um líder. A Oposição vai estar unida com quem for fazer oposição. Alguns nomes já estão definidos como oposição, outros ainda virão, talvez não agora, porque ainda tem muitos parlamentares que aguardam o desenrolar das definições. Acredito que até 2016, muita gente vai se posicionar como governo ou oposição”, destacou Adriano, que ainda frisou que os Deputados sempre foram historicamente, na grande maioria, ligados ao Palácio dos Leões.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>