Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Procon vai entrar com processo administrativo contra Federação Maranhense de Futebol

13 de janeiro de 2015 : 08:00
Duarte Júnior vai exigir o cumprimento da lei, que impede
a venda casada de ingressos
Após denúncia deste blog, o Procon do Maranhão, através do seu diretor Duarte Júnior, anunciou que vai entrar com processo administrativo contra a Federação Maranhense de Futebol. A decisão foi tomada, após ser constatado infração ao Código de Defesa do Consumidor no processo de venda de ingressos para a competição Supercopa do Maranhão.

Como noticiado na segunda-feira (12), (leia aqui), o presidente da FMF emitiu uma portaria determinando a venda casada de ingressos para as duas rodadas entre os times: Sampaio, Moto, Vitória e Naútico. 

Os preços variam entre R$120 e R$200. Na portaria 003/2015 da FMF, existe um artigo que veda a comercialização de ingressos de forma separada. A prática é considerada e passível de crime.

Duarte Júnior explica que a Federação Maranhense de Futebol pode oferecer um pacote de ingressos ao torcedor, mas não pode exigir que sejam adquiridos todos os bilhetes da competição e deve ser garantida a venda individual dos tickets.

Caso obtenha sucesso no processo judicial, quem vai ganhar é o torcedor que terá seu direito cumprido. Os jogos da Supercopa do Maranhão vão ocorrer nos próximos dias 22 e 25 de janeiro.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>