Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Prefeitura retoma atendimento domiciliar

31 de janeiro de 2015 : 07:00

A prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Sáude (Semus), retomou as visitas domiciliares do Programa da Família (PSF), beneficiando idosos, acidentados, mulheres no pós-parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A medida faz parte dos investimentos do prefeito Edivaldo em programas que melhorem a qualidade de vida da população. O programa integra o conjunto de ações do Projeto Municipal de Qualificação, Articulação e Fortalecimento da Atenção Básica.

Segundo a secretária de Saúde, Helena Duailibe: “Prestar assistência de saúde no ambiente familiar é uma forma de garantir também o envolvimento das pessoas nos tratamentos, chamar a atenção delas para a necessidade de ter hábitos saudáveis de vida e construir novas relações entre os usuários do SUS e a equipe do PSF. Tudo isso tem sido feito de forma humanizada e acolhedora”, afirmou.

Com o compromisso de cumprir a meta de 60% de cobertura do Programa, mais 356 novos agentes de saúde deverão ser contratados pela gestão municipal até 2017. Atualmente, 849 profissionais da área atuam na zona urbana e rural de São Luís. Neste mês a prefeitura fez a entrega de 4 mil novos kits com uniformes para Agentes Comunitários de Saúde. Cada integrante recebeu boné, bolsa e 2 camisetas, além do tradicional colete. Edivaldo também anunciou o novo piso salarial da categoria, que passará dos atuais R$ 900,00 para R$ R$ 1.014,00, mais os acréscimos de 20% de adicional de insalubridade e outras vantagens inerentes à profissão. “Tenho a grata satisfação de anunciar que vamos cumprir o piso nacional da categoria, cujos valores serão aplicados já a partir deste mês. Fazemos isso porque sabemos da importância do trabalho dos agentes comunitários de saúde como estratégia fundamental na nossa política de saúde preventiva”, destacou o prefeito.

Em 2014, 12 novos veículos foram entregues pelo Prefeito Edivaldo para o deslocamento das equipes até os usuários do SUS e suas famílias. Há cinco anos, as visitas domiciliares estavam suspensas por falta de estrutura do programa e, com a reorganização do serviço de Atenção Básica executada pela atual administração municipal, as visitas puderam ser retomadas.

Visitas- O cronograma de atendimentos inclui 53 unidades básicas de saúde, em que uma equipe realiza visitas nas residências de idosos, acidentados, mulheres no pós- parto, pessoas com limitações físicas e pacientes da rede de urgência e emergência que tenham recebido alta, mas necessitem de acompanhamento. A equipe de visita médica é formada por um médico generalista, um enfermeiro, um auxiliar ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. O PSF abrange sete Distritos de Saúde de capital, como o do Bequimão, Centro, Cohab, Coroadinho, Itaqui-Bacanga, Tirirical e Vila Esperança. As demandas de visitas das equipes do Programa são identificadas pelos agentes comunitários de saúde nas atividades externas às unidades de saúde. O atendimento conta com o suporte de toda a rede municipal de saúde que atua como apoiadora das ações de atenção básica. Nas visitas domiciliares, as equipes do PSF, além de prestarem assistência ao doente, também orientam sobre os procedimentos na rede municipal que devem ser buscados pelos demais integrantes da família.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>