Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

O fim melancólico de Arnaldo Melo

30 de dezembro de 2014 : 19:53
Assim terminou o dia do governador Arnaldo Melo (PMDB). Ao entregar a obra de reforma do calçadão da Avenida Litorânea, só estava ele e o desconhecido secretário Aparício Bandeira. Melancólico o fim do último governador da era Sarney no Maranhão…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>