Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Coragem e mais intensidade em 2015

31 de dezembro de 2014 : 10:21
Antes de escrever meu último texto de 2014, eu fiz questão de reler (veja aqui) o meu derradeiro de 2013. Pude relembrar que uma das coisas que mais desejei, vivi: aumentar a minha coragem!

2014 foi um ano sensacional e olha que não foram só momentos felizes que passei ao longo dos últimos 365 dias. Mas a vida para ser boa tem que ser assim. Deve ter riso, choro, alegria, irritação, paixão, decepção, amor etc. Afinal todos esses sentimentos proporcionam um equilíbrio vital para sobrevivência e para termos a certeza que mesmo sonhando ainda estamos com os pés no chão.

Mais uma vez venho agradecer e nada de fazer promessas, pois prefiro viver dia após dia e realizar cada desejo com o passar do tempo. Assim como foi em 2014.

Entro 2015 eufórico. Muita coisa muda em nossa vida, após 365 dias. Novos desafios profissionais, novo amor, novas amizades, novas idéias, paixões e quando falo disso é um campo extremamente aberto e que não reduz mais só a um pequeno espaço… 

Tudo isso poderá se tornar algo extremamente bom, claro, se assim quisermos.

Não irei me alongar muito, pois como a vida que é breve e passageira, estou buscando transmitir essa minha última mensagem da forma mais leve para aproveitar – ainda que trabalhando – da melhor forma possível o último dia.

Mas é impossível encerrar e não relembrar do foi vivido este ano. Claro que não irei descrever aqui o que ocorreu, afinal se fosse assim, horas deveriam ser destinadas para esse derradeiro texto e como sei que poucos se interessariam é melhor findar. No entanto devo lembrar que os grandes momentos deste ano ocorreram por atos de coragem, ciclos fechados e abertos, a descoberta de um novo mundo, pessoas, opiniões… Agradeço a todos que contribuíram para tudo isso e não só aqueles que me fizeram feliz.

Palavras são poucas para descrever o que foi 2014 e a expectativa por 2015 é tão enorme que se este ano foi tempo de coragem, o próximo será de intensidade. Vai ser hora de viver como nunca, como cada dia fosse o último e quando pensar em mudar de ideia, vou levar que a vida é um sopro, um breve pulsar…

FELIZ 2015!

Viva o Novo Ano!

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>