Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Flávio Dino diz que ficará neutro na disputa presidencial entre Dilma e Aécio Neves

7 de outubro de 2014 : 09:10

A coligação Todos Pelo Maranhão fará uma série de reuniões nesta semana e definirá até sexta-feira (10) o posicionamento na disputa de segundo turno. A tendência é manter o “palanque aberto” utilizado no primeiro turno – ou seja, cada um dos nove partidos fica liberado para apoiar o candidato a presidente que preferir.

A informação foi dada pelo governador eleito do Maranhão Flávio Dino em entrevista à CBN em cadeia nacional. Flávio afirmou que a tendência é que ele mantenha a posição de neutralidade na disputa presidencial, liberando os nove partidos para apoiarem os seus candidatos.

“Todos os partidos foram muito importantes nesta ampla aliança que construímos para derrotar a oligarquia mais antiga do Brasil”, afirmou. “Eu, como candidato a governador, fiador dessa aliança e representante de todas as forças que integram a coligação, mantive uma posição de neutralidade. Não posso simplesmente ignorar os acordos que fiz no primeiro turno. Isso seria um desrespeito a meus parceiros na grande vitória”.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>