Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Após vitória consagradora de Dilma em São Luís, Edivaldo quer ampliar parcerias

29 de outubro de 2014 : 09:18

A presidente reeleita Dilma Rousseff teve 362.075 votos em São Luís no 2º turno, alcançando 70,41% dos votos. A capital maranhense foi a segunda onde a petista teve maior votação proporcional no 2º turno. O prefeito Edivaldo teve participação fundamental na arrancada da presidente Dilma em São Luís e pretende ampliar as parcerias entre município e governo federal.

Edivaldo entrou na campanha quando Dilma estava em queda nas pesquisas em todo o país e participou de atos ao lado do ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini. A partir da mobilização de vereadores, lideranças comunitárias e partidos aliados ao prefeito, Dilma ganhou 107.495 votos a mais em São Luís no 2º turno. Somente a votação a mais de Dilma em relação ao primeiro turno é igual ao total de votos que Aécio teve no 2º turno em São Luís.

No primeiro turno, a presidente reeleita teve em São Luís 254.580 votos (49,54%). A candidata Marina Silva obteve 159.601 (31,06%) votos. Aécio Neves ficou com 79.343 votos (15,44%). A migração natural dos votos de Marina seria para Aécio Neves, já que a socialista e seus apoiadores no Maranhão apoiaram o tucano. Porém, a presidente recebeu o maior percentual da votação de Marina.

Faltando uma semana e meia para a eleição, o chefe do Executivo Municipal foi para a rua reverter o quadro desfavorável à petista. Edivaldo participou da caminhada na Rua Grande e no Turu. Ao lado do ministro Berzoini, das militâncias do PT, PCdoB, PP e PDT, que fizeram a campanha de Dilma no segundo turno, Edivaldo contribuiu decisivamente para a vitória da presidente.

Em nota, Edivaldo afirmou que ao lado do governador eleito Flávio Dino e, com apoio da presidente, espera mais conquistas para São Luís a partir de 2015. “Nossa população terá a oportunidade de ver algo inédito, nas últimas décadas, o trabalho conjunto entre os governos federal, estadual e municipal, defendido por nós, como fator essencial para o desenvolvimento de nossa cidade com melhores indicadores sociais”.

O prefeito de São Luís também destacou a expressiva votação de Dilma na capital e a perspectiva de ampliar parcerias para viabilizar melhorias especialmente na infraestrutura e no aprimoramento de programas sociais. “A reeleição da presidenta Dilma, com consagradora votação em nossa querida São Luís, nos dá a convicção de que nossa cidade viverá um novo momento com a perspectiva de ampliarmos as parcerias do município com o governo federal para avançarmos especialmente em sua infraestrutura e programas sociais”.

Edivaldo já havia feito importante papel no 1º turno em prol de seu candidato a governador, Flávio Dino (PCdoB), mobilizando metade dos vereadores de São Luís em apoio ao governador eleito. As pesquisas diziam que São Luís seria uma das cidades com maior dificuldade para Flávio Dino. Com a participação decisiva do prefeito, Flávio venceu com 25 pontos percentuais a mais que o segundo colocado.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>