Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Trabalho do deputado Carlos Brandão em prol da medicina veterinária é reconhecido na Assembleia Legislativa

11 de julho de 2014 : 19:39

“Tive o privilégio de aliar à minha formação profissional os estudos da Medicina Veterinária; o que foi para mim, sem dúvida, um notável aumento de conhecimento. Porém, como vocês sabem, a trajetória pessoal me levou para o desafio de exercer a vida pública”, afirmou o deputado federal Carlos Brandão (PSDB), durante sessão solene em comemoração aos 40 anos de fundação do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Maranhão – Uema.

Ele foi um dos homenageados durante o evento realizado na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, nesta quinta-feira, na presença de estudantes, de autoridades do universo acadêmico e de diversas outras representações profissionais. A proposta da Sessão foi feita pelo também médico veterinário, o deputado estadual César Pires (DEM).

O deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB), presidente da AL, destacou a importância do deputado Brandão para a classe: “Não posso deixar de mencionar a contribuição do deputado Brandão para o nosso estado, através de ações desenvolvidas por ele, voltadas para a medicina veterinária”.

O parlamentar tucano explicou que é justamente por meio do seu exercício político que consegue captanear projetos e ações destinados ao Conselho de Veterinária do Maranhão e encaminhar pedidos que favorecem a categoria. “Assim contribuo de maneira mais efetiva”, reforçou.

O deputado Brandão, então, prestou contas do que vem sido feito por seus colegas de profissão, ao longo de seus dois mandatos, informando que apresentou ao ministério do Planejamento a Indicação n°2039/2008, para adoção de medidas necessárias à criação de gratificação especial aos veterinários e técnicos sanitaristas da administração federal.

Também ao ministério da Agricultura, por meio da Indicação n° 2173/2008, pedindo a realização de concurso público a fim de suprir a carência de médicos veterinários no nosso estado.

E, por fim, ao ministério da Saúde, elaborou a Indicação n° 145/2011, que sugeria a inclusão do médico veterinário no Núcleo de Apoio da Saúde da Família – NASF. “Felizmente tivemos essa indicação aceita pelo Ministério e desde então o veterinário faz parte do programa do Governo Federal que hoje conta com 32 mil equipes, que cobrem mais de 101 milhões de pessoas em todo o território nacional”, comemorou.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>