Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Qual será o impacto da participação de Haroldo Sabóia na disputa de senador?

15 de junho de 2014 : 11:00

O PSOL confirmou na tarde de sábado (14), as pré-candidaturas de Luís Pedrosa para governador, Edizio Neto para vice e Haroldo Sabóia para senador. É exatamente este o último nome que poder ter o maior índice de votação e expressão pelo partido, chegando inclusive a ser responsável pelo resultado final da eleição por uma vaga ao Senado.

Haroldo Sabóia já foi vereador de São Luís, mas acabou se afastando da política e retornou nas disputas municipais de 2008 e 2012, na primeira disputou a vaga de vereador pelo PDT, mas saiu derrotado e quatro anos depois disputou a prefeitura já pelo PSOL, mas não atingiu nem 1%, terminou com 0,7%.

A questão é que agora a eleição é outra. Na última pesquisa realizada pela Tv Guará/Exata no cenário mais provável de ocorrer, quando envolvem os pré-candidatos Roberto Rocha (PSB) e Gastão Vieira (PMDB), Haroldo apareceu com 14%. Este percentual pode ser suficiente para interferir no resultado final.

O presidente do PSOL já disputou uma vez a vaga de senador. Foi em 2002 e naquela oportunidade ele garantiu um percentual de 11%, número expressivo quando comparado aos demais candidatos da época: Roseana Sarney, Edson Lobão e Cafeteira.

Vale lembrar que em 2006, Bira do Pindaré na época pelo PT, também entrou na disputa como franco atirador começou as pesquisas com 3% e surpreendentemente terminou com 21%, sendo o responsável direto pela derrota de João Castelo (PSDB) que terminou com 35%, enquanto Cafeteira (PTB), apoiado pela família Sarney, ficou com 39%.

É evidente que a entrada de Haroldo Sabóia tende a agregar os votos oriundos da oposição e não se sabe até que ponto o presidente do PSOL pode crescer. Não se sabe se ele será um novo fenômeno como Bira em 2006 ou se passará apagado, assim como nas eleições de 2012 para prefeito.

Roberto Rocha deve ficar atento e evitar que o discurso de Haroldo sobressaia em relação ao dele, evitando assim uma fuga de votos da oposição, caso contrário, Gastão Vieira terá larga vantagem.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>