Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Zé Antônio Heluy deve ser o vice-governador de Lobão Filho

13 de maio de 2014 : 09:00

Diferentemente da oposição, a indicação do vice-governador no grupo governista não deve ter crise, afinal o consenso deve imperar e Zé Antônio Heluy será anunciado como pré-candidato a vice-governador do PT na chapa de Lobão Filho (PMDB). Até a semana passada, dois disputavam o espaço, o próprio Heluy e também o Zé Costa (ex-secretário de Ciência e Tecnologia), porém este último acabou optando por deixar a disputa.

Diante desse cenário o ex-secretário de Trabalho e Economia Solidária, caminha a passos largos para ser anunciado como o componente da chapa majoritária governista.

Zé Heluy vem se mostrando fiel ao grupo da governadora Roseana Sarney (PMDB), afinal ele é aliado desde 2006, quando todo partido ainda era contra, enfrentou sérios problemas, chegou até sofrer ameaça de expulsão, mas manteve-se firme. Manteve seus posicionamento em 2010, quando foi fundamental para que o PT declarasse apoio ao PMDB e levasse Roseana as vitórias nas urnas.

O ex-secretário também é filho de uma das mulheres mais respeitadas na política maranhense, filho da ex-deputada Helena Barros Heluy, a qual teve posicionamento diferente do herdeiro ao longo de sua trajetória política.


Como titular da Setres, desenvolveu inúmeros programas sociais, criando oportunidade para a população maranhense. O mais recente foi o Shopping do Trabalho, o qual amplia as chances dos cadastrados na lista do Sine, acabarem sendo empregados.

Zé Heluy tem características de sobra para ser anunciado como vice de Lobão Filho, não existem dúvidas que ele agregará e pode ter a capacidade de buscar a unidade interna dos petistas.

Um comentário em “Zé Antônio Heluy deve ser o vice-governador de Lobão Filho”

  1. Anonymous

    5 anos atrás  

    Acredito que o PT irá indicar o 1 suplente de SENADOR por conta de uma articulação nacional.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>