Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Quem incentiva João Castelo a entrar na disputa de senador?

14 de maio de 2014 : 07:05
O ex-prefeito João Castelo passou mais de um ano afirmando que não tinha interesse na vaga de senador e que seu projeto número um, era a reeleição de sua filha a deputada estadual. Além de já se sentir cansado para a disputa, o tucano disse que não confiaria de forma alguma na oposição, que poderia lhe trair com o lançamento de outros candidatos.

Hoje o cenário é exatamente o que ele temia. Castelo poderia ser candidato como pelo menos mais dois nomes com votação expressiva na disputa, Roberto Rocha (PSB) e Haroldo Sabóia (PSOL). Mas então o que mudou?
Não existem dúvidas, que Castelo tenta esticar essa corda da disputa do Senado para apenas se valorizar. Mas quem estaria lhe ajudando nessa empreitada? É óbvio que o articulador dessa estratégia é o ex-governador Zé Reinaldo (PSB), derrotado em 2010 na disputa de senador.

O socialista é um dos maiores aliados do ex-prefeito de São Luís, tanto que chegou a ser o seu secretário de Governo, cargo mais importante na hierarquia municipal depois do prefeito e vice.

Zé Reinaldo continua operando nos bastidores, pois deseja manter o seu título de articulador da oposição e nesse campo que entra sua divergência com Roberto Rocha (PSB), o principal prejudicado em uma possível candidatura de João Castelo.

Por conta do seu partido, o ex-governador não pode mais aparecer como o responsável pela tentativa de atrapalhar os planos de Roberto Rocha, por isso acaba trabalhando de forma subterrânea.

Castelo tem 77 anos, uma rejeição extremamente elevada e uma prioridade, deixar a herança política para a sua filha. É evidente que ele não tem mais desejo de entrar numa disputa majoritária, seja por conta do desgaste político ou pela sua saúde. No entanto ele ensaia esse desejo com intuito único de fazer barganhas políticas.

O ex-prefeito de São Luís tem uma eleição tranquila para deputado federal, se duvidar será o mais bem votado na disputa pelo cargo, mas fora isso, tudo não passa de cena política, patrocinada por Zé Reinaldo e governistas que desejam o racha na oposição.



Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>