Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Um nova idade sempre traz novidade

2 de abril de 2014 : 17:35
Aos 10 anos, você se imagina com 25… e pensa nos 15 anos que ainda falta pra completar a idade desejada, muito, quase uma eternidade… e a vida segue sem muitas preocupações, várias brincadeiras, estudos… e num piscar de olhos, você acorda e está lá os seus tão sonhados 25 anos, e você pensa na mudança, algumas físicas, muitas outras são “apenas” no interior, você está naquela fase, entre o meio termo da vida adulta e da adolescência.

A vida passada tão rápida que nem sente, parece que foi outro dia que terminei o ensino médio, mas de lá para cá lá se vão oito anos. Caminhando um pouco mais, lembro das minhas passagens pela três graduações que encarei e ainda encaro, mas sempre tendo como sonho principal, o jornalismo. Objetivo que completei com pouco mais de uns dois anos atrás.

Olho para trás e vejo tudo o que passou, como amadureci, como aprendi e como venci. E tudo isso foi possível graças ao apoio incontestável de familiares e amigos, os quais estão sempre ao lado dessa eterna caminhada.

Avançar cria uma expectativa enorme, afinal é impossível congelar o tempo e  sou sabedor que quando eu me espantar já estarei superando as barreiras do 30. Daqui para frente dizem que só tem preocupação, mas como já relatado em textos anteriores, desejo desacelerar, também quando for necessário.

Reflexões de qual é o nosso real papel são sempre bem vindas. Escolhi trabalhar em um setor de fundamental importância para o país e qualquer sociedade, a política, mas o desenrolar dos sucessivos fatos, faz-se com a que ocorra a necessidade de uma verdadeira analise do que está sendo construído diariamente. Muita politicagem e pouca produtividade.

Enfim nesse dia de nova idade, não irei me estender sobre o tema que já discorro diariamente. Vou preferi me ater as novidades que surgem a cada 365 dias ou até mesmo dia após dia, propositalmente estas não serão aqui descritas para que elas possam extrapolar o mundo virtual para o real, para que ganhem o colorido dos dias, manhãs e tarde, afinal hoje praticamente vivemos o colorido das telas de micros, notes, smartphones e tablets de 64 bits.

Agradeço imensamente a todos que se fizeram presente nesta data, alguns através de suas mensagens de whatsapp, outros por sms (sim, ainda existe o antigo torpedo), ligações e até se fazendo presente. Acredito que somos poucos nesse ciclo, mas acredito que são verdadeiros e isto é o mais importante.


Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>