Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Na oposição não se discute mais o Senado. A vaga é de Roberto Rocha

18 de abril de 2014 : 11:56
Existem duas certezas na oposição. Uma é que o candidato a governador é o Flávio Dino (PCdoB) e a outra é que o candidato ao Senado é Roberto Rocha (PSB). A discussão ainda está aberta em relação a vaga de vice-governador, partidos que vão compor a aliança e a formação das chapas das disputas proporcionais. Fora isso é tudo especulação sem sentido.

Nos últimos dias surgiu um movimento para que a vaga do candidato a senador, fosse rediscutida. Mas é impossível que isso ocorra, no último mês, o vice-prefeito de São Luís, foi anunciado como nome de consenso do grupo, após acordo com Zé Reinaldo (PSB), Domingos Dutra (SDD) e todos os outros partidos.

Nada mais justo, afinal em pelo menos outras duas oportunidades, Roberto Rocha abriu mão de suas escolhas em prol do grupo. Em 2002, pensando em uma vitória de Jackson Lago ainda no primeiro turno, renunciou sua candidatura durante a campanha eleitoral. Em 2010, novamente ele pensou em sair candidato ao governo, mas o nome do ex-governador foi escolhido, então abriu mão da disputa e manteve o PSDB alinhado com o PDT e PTC.

Quatro anos depois, reconhecido como homem de grupo, que ele se tornou ao longo desses anos, Roberto foi confirmado como candidato a senador. Portanto não existe possibilidade dessa vaga ser disputada por PSDB ou PPS ou qualquer outro partido, afinal já é uma questão superada.

Existe outra questão primordial nisso, a aliança nacional. O PSB foi o primeiro partido a declarar apoio a candidatura de Flávio Dino para 2014. Junto veio o compromisso com o presidenciável Eduardo Campos (PSB), que participou ativamente da campanha vitoriosa de Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

A vaga que o PSDB busca é de vice-governador, a qual deve ser ocupada por Carlos Brandão, como o próprio confirma essa informação. Quanto a João Castelo, ele disputará a vaga de deputado federal. Posto isso, encerrada qualquer discussão em relação ao candidato a senador pela oposição.

2 comentários em “Na oposição não se discute mais o Senado. A vaga é de Roberto Rocha”

  1. Anonymous

    6 anos atrás  

    O nao paga ninguem. Teus calotes vao apare er nessa eleicao.

  2. Anonymous

    6 anos atrás  

    Que devaneio é esse, menino? Roberto Rocha é vice-prefeito da Capital. Impôs esse candidatura, driblou todo mundo, agora que driblar o PDT também. Não foi acordo em conjunto do PSB, PDT, PTC e PC do B? Então a vaga do senado está segura, não se discute, e a de vice-governador tem que dar pra quem está chegando agora? Cada uma. Abre teu olho, Rocha. Castelo está chegando de mansinho pra tirar teu sono.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>