Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

CBF banca feriadão no Rio de Janeiro para presidente da Federação Maranhense de Futebol

16 de abril de 2014 : 20:33
UOL

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, tem sido um dos dirigentes mais bem agraciados pela Confederação Brasileira de Futebol. Após recentemente representar a entidade durante uma viagem a África do Sul, a qual aproveitou para levar toda sua família, agora ele foi mais uma vez beneficiado com a concessão de diárias pela CBF para passar o feriadão no Rio de Janeiro, após votar na eleição de Marco Polo Del Nero.
José Marín e Antônio Américo
Ele e mais seis dirigentes com direito a voto na eleição da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) receberam um agrado da entidade antes do evento que irá confirmar o candidato único Marco Polo Del Nero como novo presidente. Eles ganharam de quatro a dez diárias num hotel de luxo no Rio de Janeiro, num período que inclui o feriado da Páscoa.
Os 20 presidentes de clubes da Série A e os 27 das federações estaduais têm direito a voto na eleição da entidade. Todos os cartolas recebem da CBF passagens para ir ao Rio de Janeiro e estadia de pelo menos uma noite no hotel Windsor Barra, onde a diária mais barata custa R$ 700.
Os presidentes das federações de Alagoas, Gustavo Dantas Feijó , Paraíba, Rosilene de Araújo, Roraima, Zeca Xaud, Amapá, Antonio Roberto Goes da Silva, Rondônia, Heitor Luiz da Costa Júnior, e do Rio Grande do Norte José Vanildo da Silva, foram os agraciados com quatro ou mais diárias no mesmo hotel. Todos fazem parte do grupo de 24 presidentes de federação que assinaram o apoio à chapa de Del Nero.
A adesão massiva impediu que houvesse uma candidatura de oposição, já que o estatuto da CBF obriga postulantes ao cargo a ter pelo menos o apoio de sete entidades estaduais e cinco clubes.
A assessoria da CBF confirmou que o único evento oficial da eleição acontece nesta quarta, com a análise das contas da atual gestão e a eleição. Na noite de terça, houve um jantar para o colégio eleitoral.
Presidente de federação com mais tempo no cargo, Zeca Xaud, que acumula 39 anos comandando o futebol de Roraima, chegou domingo no Rio de Janeiro para o pleito desta quarta. Desde então, está hospedado no Windsor Barra, com diárias pagas pela CBF.
“Por causa dos voos, que são poucos de Roraima para o Rio de Janeiro, preciso chegar antes. Mas tenho crédito para isso, para ficar mais aqui. Questionar isso não passa de fofoca”, afirmou Xaud, que tem reserva no Windsor até o domingo de Páscoa, dia 20 de abril.
Também desde domingo passado na capital fluminense, com hospedagem bancada pela CBF, José Vanildo da Silva, presidente da Federação do Rio Grande do Norte, diz que deixará a cidade na próxima quinta-feira.
“Eu tenho meus interesses no Rio de Janeiro. Não acho cabível questionar o tempo que fico aqui. Fui convidado”, afirmou o dirigente potiguar.
Desde sábado no Rio de Janeiro, Antônio Américo Lobato Gonçalves, presidente da federação do Maranhão, disse UOL Esporte que irá bancar os dias a mais que ficou hospedado no hotel pago pela CBF.
“Tinha uma consulta médica hoje (terça-feira) e aproveitei o dia para fazer isso”, afirmou Gonçalves.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>