Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Hélio Soares defende que vaga para o Senado seja da Assembleia Legislativa

18 de março de 2014 : 18:07

O deputado Hélio Soares (PMDB) defendeu na sessão desta terça-feira, 18, que a vaga ao Senado Federal saia dos quadros da Assembleia Legislativa, uma vez que existem na Casa deputados com larga experiência, que podem representar o Estado com competência.

“Esta Casa – que é o local das discussões políticas – tem que se movimentar para que essa vaga saia daqui de um deputado estadual, por que não? O que nos falta para representar o Maranhão no Senado Federal. Nós não podemos ficar à margem das discussões da sucessão governamental, da composição das chapas para deputados estadual, federal e para senador”, afirmou o parlamentar, colocando o seu nome à disposição para a disputa eleitoral e, ao mesmo tempo pedindo o apoio da Assembleia Legislativa.

Apesar de já lançar o seu nome para o Senado, Hélio Soares pediu à cúpula do PMDB que faça uma pesquisa para saber quem ficará com o direito de disputar. Ele afirmou que não vê ninguém com vaga garantida, pois quem vai decidir é a população. “é a população que tem que escolher quem é o seu legítimo representante. Eu deixo o meu nome a esta Casa para que possamos avaliar e ver a contribuição que daria tendo um deputado estadual direto para o Senado”.

Hélio Soares reconheceu o trabalho feito em nível federal pelo deputado federal, Gastão Vieira, que esteve à frente do Ministério do Turismo; do suplente de senador Edinho Lobão e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e afirmou que não tem nada contra eles, mas entende que já foram contemplados.

“Não temos nada contra ninguém, até porque os nossos postulantes – aí postos pelos jornais – já estão muito bem contemplados. O nosso ministro Gastão Vieira teve uma passagem exemplar no Ministério do Turismo, tem o Edinho que já é senador e seu pai, Edison Lobão, é ministro e vai continuar se a presidenta Dilma ou o seu grupo ganhar com certeza, porque estão desempenhando um belo papel”, disse o parlamentar.

Hélio Soares voltou a afirmar que esta é a oportunidade de a Assembleia Legislativa ter um deputado estadual no Senado Federal, uma vez que conhecem os problemas que afligem a população. “Eu quero que seja a intenção desta Casa colocar em discussão para avaliar o que representaria a Assembleia compondo o Senado Federal. Eu faço um apelo. para que façam uma reflexão e puxe para seus ombros a representatividade política desta Casa que não pode ficar às margens das discussões; tem que participar, tem que opinar, tem que ajudar a decidir os nossos próprios destinos”.

Elogios

Em apartes, os deputados Carlos Alberto Milhomem (PSD), Jota Pinto (PEN), Alexandre Almeida (PTN), Magno Bacelar (PV) e Marcelo Tavares (PSB) parabenizaram a defesa feita por Hélio Soares. Carlos Alberto Milhomem sugeriu que o PMDB lance uma lista tríplice tendo o suplente de senador Edinho Lobão, o Gastão Vieira e Hélio Soares. “Vai dá um samba de crioulo doido, mas vai ser bom”, afirmou ele.

Ao elogiar a discussão, Jota Pinto afirmou que todos os candidatos que estão postulando a vaga têm as qualidades e serviço prestado ao Maranhão. Porém a sua candidata ao Senado é a governadora Roseana Sarney, caso decida disputar. “Se ela não sair para disputar e o meu partido não lançar candidato ao Senado, com certeza você será abraçado pelo Partido Ecológico Nacional”.

Alexandre Almeida também afirmou que se a Governadora Roseana Sarney decidir disputar o Senado, ela será a sua candidata de forma incontestável, sobretudo, pela sua trajetória, pela sua carreira, pela sua história e pelo trabalho que já fez em favor do Maranhão, como deputada federal, senadora e, atualmente, como governadora.

“Eu parabenizo vossa excelência que está tendo a coragem de apresentar o seu nome para também postular esta vaga, tendo em vista que é um legítimo representante da população maranhense; já que tem uma história que orgulha os seus pares, vossa excelência poderá, sim, representar a Assembleia nesta pretensão, porque eu vejo como deputado estadual e alguém que tem todas as condições de envolver toda esta Casa que se sentirá muito honrada, muito prestigiada, muito contemplada em ter o seu nome como candidato a senador”, afirmou Alexandre Almeida, acrescentando ainda que pode trabalhar, com o PTN, o apoio a Hélio Soares.

Magno Bacelar disse que Hélio Soares é um bom nome para a disputa ao Senado. “Vossa excelência que já está com uma maturidade política no parlamento estadual é um bom nome dentro do nosso grupo político”.

Ao elogiar o trabalho feito por Hélio Soares, Marcelo Tavares disse que há muito tempo já deveria ter se colocado para disputar outro cargo, visto que já é extremamente bem sucedido em eleições na Assembleia Legislativa, sempre com votações crescentes.

“Eu acho que vossa excelência já está credenciado para disputar o cargo de deputado federal, de senador e, talvez, de vice-governador. Agora, nós, da oposição, não vivemos mais esse dilema de ter que escolher entre vários candidatos, nós já definimos uma candidatura: o nosso pré-candidato é o ex-deputado federal Roberto Rocha, quanto a isso não há mais discussão, nem no PSB, nem nos partidos que hoje compõem nosso grupo político”, disse Marcelo Tavares.

Ele enfatizou ainda que lhe causa estranheza essa discussão dentro do PMDB por duas razões: a primeira delas é que ainda não ouviu a manifestação do senador Epitácio Cafeteira, que ainda é o detentor deste mandato e pode até ser candidato à reeleição e, segundo, porque entende que se Hélio Soares pleiteia a vaga de senador, deveria ter optado por uma filiação ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

“Até onde eu sei, esta vaga que aí está é do PTB, e eu acho até indelicado tantos nomes assim do PMDB entrarem nesta discussão sem falar com o Cafeteira e com o PTB”.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>