Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Pelo menos 6 deputados governistas se mostram dispostos a apoiar candidatura de Zé Reinaldo na eleição indireta

27 de fevereiro de 2014 : 15:14
É óbvio que a disputa em uma possível eleição indireta pode ser polarizada entre Luís Fernando (PMDB) e Arnaldo Melo (PMDB), mas isto acontece, antes das inscrições da chapa. Após superada essa etapa, caso o secretário estadual de Infraestrutura seja o candidato do PMDB na disputa, o nome de Zé Reinaldo (PSB), pode entrar na disputa e o que aparentemente, pode ser apenas uma tentativa frustada de fazer oposição ao nome de Luís Fernando, pode acabar ganhando força, uma vez que existem deputados da base governista, que se posicionam contrários ao nome do secretário, por conta da sua falta de trato com eles.
De acordo com informações obtidas por este jornalista, pelo menos seis deputados governistas estariam dispostos a votar junto com a oposição a favor do ex-governador na eleição indireta. Um destes parlamentares é o Carlinhos Florêncio (PHS), que já teria sido procurado para compor essa articulação e o político da região do Mearim, já teria dado uma resposta positiva.
Se prosperar essa tentativa, Zé Reinaldo teria garantido pelo menos 13 votos, sendo 7 do bloco oposicionista e mais 6 destes governistas. O número ainda é bem distante do que é necessário para uma vitória, mas pelo menos mais 3 do bloco PDT-PSDB podem ser somados, somente Neto Evangelista (PSDB) não votaria com o ex-governador, uma vez que o tucano já está comprometido com Luís Fernando.

Hoje seria improvável dizer que Zé Reinaldo teria alguma chance de obter sucesso nessa articulação, mas dependendo da forma que será conduzida a eleição indireta e a escolha entre Arnaldo e Luís Fernando, o cenário pode mudar, e hoje o que é impossível, pode ter chances reais de consolidar.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>