Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Governo do Estado e Embrapa serão parceiros na capacitação de produtores rurais

27 de fevereiro de 2014 : 18:47

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Costa, participou, nesta quinta-feira (27), de reunião preliminar para discutir termos de parceria de cooperação técnica com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). “O objetivo principal deste encontro é elaboramos os termos para que a Embrapa possa ser nossa parceira no desenvolvimento de tecnologias que fomentem a produção agrícola do nosso Estado. É um desejo e preocupação da governadora Roseana que o Maranhão se torne um estado autônomo na produção de alimentos”, esclareceu o secretário.

Secretário José Costa com os pesquisadores da Embrapa, Carlos Freitas e Guilhermina Cayres, o superintendente da Sectec, Felipe Serejo e o assessor Messias Nicodemos da Silva

Estiveram presentes na reunião o pró-reitor de Planejamento e Gestão da Universidade Virtual do Maranhão (Univima), Gilberto Mineiro; o superintendente de Apoio do Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Sectec, Felipe Serejo; o assessor técnico da Secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec), Messias Nicodemos da Silva; a pesquisadora em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável da Embrapa, Guilhermina Cayres; e o pesquisador da Embrapa Cocais, Carlos Freitas.

Durante a reunião foram traçadas metas iniciais para desenvolvimento desta parceria, “queremos aproveitar a plataforma educacional da Univima para levarmos capacitação em recursos humanos para agricultores familiares do Maranhão. Também, é nosso objetivo, com esta parceria, possibilitar uma assistência técnica adequada a esses produtores, o que irá proporcionar, um desenvolvimento autônomo e sustentável da agricultura familiar no Estado”, pontuou Carlos Freitas.

O fomento para difusão de técnicas agrícolas e capacitação dos produtores maranhenses já é uma vertente do trabalho desenvolvido pela Sectec, através do programa de extensão da Univima, que a partir do segundo semestre deve oferecer cursos de capacitação profissional nesta área especifica. “Sabemos da crescente demanda do nosso Estado e estamos muito otimistas nesta ação. Por isso, vamos criar um protocolo de intenções para firmar esta parceria. Porque, é entendimento do Governo do Estado que aliar tecnologia e capacitação para os produtores maranhenses, vai render ao Maranhão um salto positivo nos aspectos econômicos e também, na qualidade de vida das pessoas”, salientou o secretário José Costa.

O protocolo de intenções para a parceria institucional deve ser assinado na primeira quinzena de março.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>