Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

É necessário desacelerar

11 de fevereiro de 2014 : 09:56
Já ouvi de muitos “vá com calma”. Mas o ambiente que vivo e a profissão que escolhi, praticamente não permitem que isso ocorra, a necessidade pelo imediatismo e a ambição de ter sempre novidades, fazem com que o ritmo seja acelerado, insistentemente. 
O leitor já teve percebido, que esse texto não se trata de política, até pode ter alguma relação, mas este não é objetivo, por isso quem sabe, o mote desse blog deva ser alterado, afinal centralizar só em política, não é bem minha linha editorial, mesmo que eu viva e conviva no ambiente político praticamente de forma incrustada, afinal no Maranhão, principalmente em São Luís é difícil qualquer bate-papo terminar discutindo política.

O balanço do mar, o vai e vem das ondas é uma ótima
oportunidade para desacelerar

No entanto, dando prosseguimento ao meu raciocínio inicial, alguns dias ausentes deste espaço e totalmente off line, acabam sendo muito proveitosos. Em nenhum momento busquei qualquer informação sobre o que acontecia por essa “polis”, afinal ao tomar conhecimento de algum fato, este me instigaria para ir mais além, depois acabaria buscando escrever algo e consequentemente o objetivo de “desacelerar” não seria atingido.

Na década de 1980, surgiu em Roma na Itália, um movimento que vem ganhando força nos últimos anos: o slow food. Trata-se de valorizar uma alimentação de forma menos apressada, a ideia deu tão certo, que muitos outros movimentos surgiram, assim como o slow art e slow travel, mas outra também deveria ser adotada, a slow life.

Com certeza seria uma revolução, diante do atual momento que vivemos hoje, “do quem chega primeiro, leva”. Mas ter calma e simplesmente não fazer nada por alguns momentos acabam sendo uma virtude, uma vez que estes momentos totalmente slow, podem servir para reflexão ou não, a fim de realizar como maior excelência algo pretendido.

Por isso que em alguns casos “nada melhor do que não fazer nada”, vai acabar sendo a pedida daqui para a frente.

2 comentários em “É necessário desacelerar”

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>