Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Romário pode ficar impedido de disputar eleição este ano

15 de janeiro de 2014 : 19:36

Correio Braziliense

A candidatura de Romário (PSB-RJ) nas eleições deste ano está prejudicada, pelo menos, por enquanto. A juíza eleitoral Sylvia Leão enviou um ofício ao Ministério Público Eleitoral questionando a regularidade da filiação do deputado ao partido. O ex-jogador de futebol não consta como filiado no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mesmo tendo assumido a presidência do diretório regional da legenda em outubro do ano passado.

Se o problema for confirmado, o Baixinho poderá ficar de fora das urnas em 2014, já que o prazo de filiação para quem pretende disputar cargos no pleito deste ano era 5 de outubro de 2013. Romário pode tentar a reeleição para a Câmara dos Deputados ou uma vaga no Senado.

A decisão judicial faz parte de uma disputa travada entre o ex-jogador e o ex-presidente do diretório do PSB no Rio, o prefeito de Duque de Caxias (RJ), Alexandre Cardoso. Após problemas internos, Romário se desfiliou do PSB em agosto, mas retornou ao partido em outubro e foi escolhido para o lugar de Cardoso, que deixou o partido. Assim, Romário pediu a cassação do mandato do prefeito por infidelidade partidária. A iniciativa despertou contra-ataque de Cardoso. Por meio dos advogados, ele insinuou uma suposta irregularidade partidária de Romário.

O TRE do Rio de Janeiro diz que o PSB pode fazer uma retificação de filiados em abril, mas, caso haja novo questionamento, a sigla terá de provar a filiação do ex-jogador.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>