Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Depois de tentarem coloca-lo como candidato a senador e a governador, agora querem emplacar o juíz Marlon Reis como vice de Flávio Dino

3 de janeiro de 2014 : 07:47
Desde que o deputado federal Simplício Araújo (SDD), convidou através da imprensa o juíz Marlon Reis para se filiar no Solidariedade e disputar a vaga de senador pelo partido, uma onda de especulações surgiram em torno do nome do criador da Lei da Ficha Limpa. Logo após a declaração do presidente do Solidariedade no Maranhão, membros do PT começaram a soltar na mídia, que ele poderia ser a alternativa do partido, afinal uma candidatura própria ao governo encabeçada por Marlon colocaria um ponto final na disputa interna da legenda.
No entanto as especulações em torno do nome de Marlon Reis não pararam por aí, agora o candidato a presidência do PT do Maranhão, Eri Castro anuncia por meio de sua página pessoal na rede social Facebook, que o juíz pode ser candidato a vice-governador na chapa de Flávio Dino (PCdoB).
Marlon Reis disse que ainda não pensou
na possibilidade de se filiar em um partido
Vale lembrar que por ocupar o cargo de juiz, Marlon tem até seis meses antes da eleição para se desvincular do cargo e se filiar em algum partido, ou seja, ele teria até o dia 4 de abril para tomar uma decisão. Tempo suficiente para que o PT defina o seu futuro também, quanto o posicionamento no Maranhão.
Procurado para comentar o assunto, Marlon se diz surpreso com toda essa situação e que ainda não refletiu sobre a possibilidade de se filiar a um partido ou não, então seria muito prematuro de sua parte, declarar agora se pode vir a concorrer a algum cargo eletivo ou não em 2014.
Os petistas favoráveis ao apoio a candidatura de Flávio Dino, encontram em Marlon Reis a possibilidade de que isso ocorra sem um maior trauma, uma vez que o juiz tem bom trânsito com as duas alas petistas e poderia ser um nome consenso, inclusive concorrendo ao cargo de governador, como deseja uma ala petista.

Caso Marlon escolha seguir o caminho da política, ele estará trilhando passos semelhantes aos de Flávio Dino, que era juíz federal até 2006, quando renunciou ao posto para concorrer a vaga de deputado federal e desde então tenta ser governador do Maranhão.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>