Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

PSDB sem rumo no Maranhão para 2014

26 de dezembro de 2013 : 10:14
Madeira já declarou a todos: vai com Luís Fernando
A situação tá complicada no PSDB e o partido pode começar a viver uma novela semelhante a do PT, que ocorre em todas eleições. Quem o partido deve apoiar? O que não faltam são correntes dentro da legenda, defendendo apoio as candidaturas postas e até o nome de Hilton Gonçalo (PDT), não está descartado a ser apoiado pelos tucanos, mas até esse caminho existem problemas a serem resolvidos.
Inicialmente o PSDB estava praticamente fechado com o PCdoB, porém veio uma ordem da executiva nacional do partido, para que as conversas sejam interrompidas e que nenhum acordo venha a ser fechado com os comunistas, sem a autorização da cúpula nacional, pois eles acreditam que Flávio Dino não dará o palanque para Aécio Neves fazer sua campanha no Maranhão, uma vez que o presidente da Embratur tem preferência por Dilma e Eduardo Campos.
Brandão quer ser vice de Flávio, logo deseja aliança com o PCdoB
Com Luís Fernando, existem até defensores caso do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira e do deputado estadual Neto Evangelista, porém estes fazem escolhas baseados em interesses particulares, enquanto que para os outros membros do partido, não será nenhuma vantagem coligar com o governista e ainda existe um fato agravante, o PT. Os dois partidos já disseram que não existe possibilidade deles estarem juntos em 2014, até por conta de deliberações nacionais.
O nome de Eliziane Gama (PPS) então surgiria com bastante força para ser a opção do PSDB, até por conta da aproximação dos partidos no plano nacional, porém é consenso entre os deputados tucanos, que a presidente do PPS não tem uma nominada boa para a disputa proporcional, tanto que eles temem perder representatividade no parlamento estadual e federal, caso componham com o partido de Eliziane.
Eliziane ainda insiste no apoio do PSDB
Surgiria então a opção pelo nome de Hilton Gonçalo, que chegou a ser sondado pelo presidente, Carlos Brandão ainda em abril, porém existe uma forte tendência do PDT não aceitar nenhuma aliança com os tucanos. Motivos: acham que vão ser apenas bucha de canhão na eleição proporcional do PSDB. Esse tensionamento ocorre desde maio, quando o PSDB se aproximou e vem ameaçando tomar a vaga de vice do PDT.
Brandão também já sondou Hilton Gonçalo, pode ser opção
Problemas não faltam no ninho tucano, dizem que tranquilos apenas Madeira e Castelo, um pois não tem nada a disputar em 2014 e está fazendo o seu papel para garantir os seus convênios, e já outro tem a certeza que está eleito deputado federal, sem nem precisar sair de casa.
Pior para os outros que estão desesperados, pensando em qual será a melhor alternativa para o próximo ano e uma candidatura própria não está descartada, o problema agora é encontrar alguém que queira ir para esse sacrifício. 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>