Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Honorato sumiu…

6 de novembro de 2013 : 07:25
A cobrança é grande e as promessas não vem sendo cumpridas, diante dessa situação, o líder do governo Honorato Fernandes (PT) se ausentou da Câmara Municipal nos últimos dois dias. A todo tempo ele recebe perguntas dos companheiros de parlamento, sobre pagamento de emendas, destinação de alguns benefícios por serem aliados do prefeito etc.
Não aguentando mais dizer “não sei” ou em outros casos até dizer que “não vai ter nada”, o vereador está recluso em sua residência nos últimos dois dias e a expectativa é que ele volte nesta quarta-feira (6) ao parlamento, mas muitos vereadores não acreditam nessa possibilidade.
Honorato ficou mais “depressivo” quando soube que aqueles seus fiéis companheiros que caminhavam juntos para uma possível candidatura da Mesa Diretora da Câmara, já informaram que não vão apoiar sua candidatura a presidente da Câmara. O líder do governo que tinha como certo o apoio de pelo menos 12 vereadores em seu grupo, agora conta apenas com o vice-líder Professor Lisboa (PC do B), Rose Sales (PC do B) e Roberto Rocha Júnior (PSB), e todos estes só ainda lhe apoiam por motivos óbvios.
Até Bárbara Soeiro (PMN), que era uma das mais próximas de Honorato, já deu sinais que não irá acompanhar sua candidatura, caso venha ser efetivada, a vereadora anda descontente com as promessas não cumpridas.
O fato é que o líder vai perdendo dia após dia o poder de convencimento sobre os outros vereadores e o parlamento municipal pode se tornar totalmente independente em relação ao executivo municipal.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>