Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Dez anos do Bolsa Família: PT não pode negar DNA tucano no programa social

1 de novembro de 2013 : 16:54
Em meio às comemorações dos 10 anos do programa Bolsa Família, acredito que os cidadãos brasileiros têm o direito de saber que o auxílio foi criado pelo ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso.
Durante seu governo, FHC criou, desenvolveu, e implementou uma Rede de Proteção Social, contendo 12 projetos que juntos beneficiavam 6,9 milhões de brasileiros. Dentre eles, o Bolsa Escola, que visava estimular a frequência de alunos nas salas de aula.
Além do Benefício de Prestação Continuada – BPC, que garantia um salário mínimo a todos os idosos com pelo menos de 65 anos e pessoas portadoras de deficiência com renda de até 1/4 do salário mínimo.
         Em 2003, quando foi eleito presidente, Lula apenas unificou cinco desses 12 programas e deu o nome de Bolsa Família. O que era, à época de FHC, o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação, o Auxílio-Gás, o Agente Jovem e de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI culminou no que hoje é o carro chefe do governo petista.
É inegável que durante o governo do PT o programa passou por aprimoramento com ampla exposição na mídia, no entanto, deixar de atribuir o mérito da criação do Bolsa Família ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um sinal de fraqueza.
Contra fatos não há argumentos: os programas de amparo às famílias e combate à fome começaram no governo do PSDB, sendo posteriormente incorporados pela gestão petista.  
         Como se não bastasse a omissão das origens do programa, muitos petistas têm subido em palanques para insinuar que o PSDB pretende acabar com o auxílio.
Para finalizar de uma vez por todas qualquer questionamento acerca da continuação do Bolsa Família, o senador Aécio Neves (MG) apresentou, nesta quarta-feira (30), o Projeto de Lei que incorpora o benefício à Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS.
Desta maneira, o programa será transformado em lei, e independentemente do governo que estiver no poder, será distribuído para as famílias que necessitarem sem absolutamente nenhuma alteração.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>