Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Membro da executiva nacional do PT diz durante lançamento de chapa da “Resistência Petista”, que partido deve respeitar instância local

12 de outubro de 2013 : 12:12
Na última quinta-feira (10), o atual vice-presidente do diretório estadual do PT, Augusto Lobato, lançou sua candidatura a pré-candidatura pela ala da “Resistência Petista”. Para o ato, Lobato convidou o candidato a presidência da executiva nacional Paulo Teixeira, que é deputado federal pelo estado de São Paulo. E na oportunidade o representante nacional da legenda disse que “o PT deve respeitar a instância local na escolha do apoio as eleições para governador em 2014”.
Paulo Teixeira que mostrou não conhecer muito a situação local do estado, deu apenas palavras evasivas sobre o apoio do PT. Ele chegou a esboçar uma tentativa de entendimento do que ocorre no Maranhão, porém não convenceu. 
Perguntado sobre qual rumo o PT deveria seguir no Maranhão, ele respondeu “na verdade, nós temos uma aliança com o PC do B e o PMDB, mas na minha opinião, existe uma inclinação a apoiar o Flávio Dino aqui no estado, acho que ele tem essa maioria”, respondeu Paulo Teixeira.
A verdade é que existe uma ala petista que defende a aliança com o Flávio Dino, porém existem outras duas candidaturas mais fortes pelo comando do diretório estadual do PT, que tendem a fechar um acordo com Luís Fernando (PMDB) em 2014.
Ficou claro durante o evento, que ala “resistente” do PT está totalmente enfraquecida e não conseguiu transmitir para os representantes da nacional qual o desejo deles e como está a situação no Maranhão. Melhor para o grupo governista que aguarda a declaração oficial do PT sobre apoio para 2014.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>