Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Um retrato triste daquela que deveria ser uma instituição que trouxesse muitas alegrias para aqueles que conseguissem o mérito de andetra-la mas não é o que acontece com a UEMA – Universidade Estadual do Maranhão – uma faculdade sucateada com exceção dos cursos de Medicina Veterinária e Agronomia que são considerados os cursos queridinhos pelo atual reitor já que o mesmo provém de lá.
Para começar pobre dos alunos que tem de ir todo santo dia de ônibus para a instituição geralmente ele tem que pegar outro ônibus antes do famoso UEMA-IPASE para chegar na universidade, então ele vai para a integração do São Cristóvão um local totalmente insalubre para quem freqüenta um odor insuportável devido a falta de limpeza dos banheiros e de educação dos usuários mas isso é secundário comparado as enormes filas enfretada por todos que necessitam do serviço depois da longa espera quando o ônibus chega começa outra batalha que é pelo lugar no ônibus pois ninguém respeita a fila do terminal assim que as portas são abertas a correria começa e quem tava na frente muitas vezes fica para trás e terá que novamente esperar um novo ônibus, mas uma hora voc chegará a UEMA até porquê horário não é problema lá mais pra frente você saberá o motivo.
Ao chegar a instituição você desce nas paradas sobressaltado com medo de uma queda ou de ir parar em outra parada já que os motoristas s o totalmente impacientes com os alunos que s o muitos e precisam de um relativo tempo para desembarcar já que s o muitos os alunos mas essa etapa também é superada até o momento as mais fáceis e que servem de estímulo para o aluno chegar na sala de aula e se dedicar para mudar aquela situação mas aí começa a maior decepção do estudante ao adentrar o seu prédio quando ver que o professor n o veio e nem vai chegar pois ele terá um compromisso inadiável ou terá aula em uma instituiç o particular que lá se ele faltar ele não receberá como na pública n o tem essa contagem de presença para o professor n o há problema algum faltar lá afinal seu salário ta garantido no final do mês.
É totalmente deplorável a situaç o da educaç o nesse estado que é considerado um governo do povo pois como o slogan diz – AGORA É A VEZ DO POVO – quem sabe seja a hora do povo sentir o sofrimento de todas formas possíveis pois é o que acontece com o estudante da UEMA que sofre para passar em um vestibular concorrido que oferta quase 4 mil vagas para 29 mil concorrentes a maioria oriunda do ensino público sem base alguma, para ter acesso ao local de estudo mesmo para quem vai de carro encontra vias totalmente congestionadas e em péssimo estado de conservaç o salvo a av. Guajajaras e para quem pega o coletivo pior que pega lotaç o, ignorância, insegurança e tantos outros inconvenientes s o alguns ingredientes para temperar o dia de c o (ou melhor de estudos) do acad mico mas como tem sempre algo para piorar n o esqueçamos da falta de estrutura, dos professores e da limpeza que acaba acumulando gatos e cachorros doentes deixando os alunos expostos a diversas doentes é meu amigo essa é a vida de alguém que quer ter um curso de graduaç o no Maranhão.
Viva a LIBERTAÇÃO DO MARANHÃO!!

%d blogueiros gostam disto: